Advogado de Juninho afirma que entrará com ação indenizatória contra Corinthians

Ernesto Cavalcanti defendeu o jogador e disse que o Corinthians cometeu um absurdo

Advogado de Juninho afirma que entrará com ação indenizatória contra Corinthians
Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

O Corinthians abriu mão oficialmente da contratação de Juninho, do Sport. O protesto massivo de ontem, que começou a partir da notícia do acerto, pesou para a equipe paulista. Em entrevista na noite desta quinta-feira (8), o advogado do atleta, Ernesto Cavalcanti, declarou que irá entrar com processo indenizatório contra o Timão.

"Conversei agora há pouco com Juninho, que está tranquilo diante deste absurdo. Ele foi duas vezes para o Corinthians. Hoje eu passei a tarde toda conversando com o jurídico do Corinthians. Estamos entrando com a ação indenizatória por conta desse absurdo", disse Ernesto à Rádio Jornal, de Pernambuco.

Poucas horas após o anúncio da contratação, a hashtag "JuninhoNoCorinthiansNão" já era um dos assuntos mais falados do Twitter no Brasil. O jogador responde processo por agressão à ex-namorada.

"Não se faz isso com um ser humano. Esta pena que estão impondo a Juninho é infinitamente maior do que a pena que o Código Penal pode impor a ele. Estão execrando o rapaz, colocando-o na sarjeta. Estão tentando, mas não vão conseguir transformar esse jovem em um bandido. Ele não é bandido. Ele cometeu um erro e está tentando se recuperar. Mas não querem deixar. Para isto, eu vou acionar judicialmente cobrando uma ação do Corinthians pelo absurdo cometido", acrescentou o advogado.

O jogador não chegou a assinar contrato com o Timão e deve voltar ao Ceará, clube ao qual estava emprestado anteriormente.