Após tropeço em casa, Coritiba anuncia demissão de Eduardo Baptista

Comando de futebol também foi dispensado. Ex-jogador Tcheco assume o Coxa interinamente

Após tropeço em casa, Coritiba anuncia demissão de Eduardo Baptista
Foto: Divulgação/Site Oficial Coritiba

Após o empate em 0 a 0 contra o Sampaio Corrêa na noite desta sexta feira (10), no Couto Pereira, pela 20ª rodada da Série B, o Coritiba demitiu o técnico Eduardo Baptista. Além do comandante também foram demitidos o executivo de futebol, Augusto de Oliveira e o gerente de futebol, Pereira. Quem assume o clube interinamente é o ex-jogador Tcheco.

Baptista chegou a Curitiba em 16 de abril deste ano, após ser demitido da Ponte Preta. Porém, a estreia só aconteceu em 27 de abril, com vitória diante do Criciúma por 2 a 1, no Couto Pereira, em jogo válido pela terceira rodada da Série B. Na ocasião, o Coxa estava na oitava colocação, com seis pontos; Baptista deixa o clube em posição inferior: 10° colocado com 29 pontos. Foram 18 partidas comandando o clube paranaense, sendo seis vitórias, oito empates e quatro derrotas.

O executivo de futebol, Augusto de Oliveira, estava no clube desde 2010, na gestão de Vilson Ribeiro de Andrade, exercendo a função de observador, coordenando as categorias de base e também estruturando a Unidade de Informação, Formação e Inovação do Coritiba (Unific). Após a mudança da gestão em 2018, Vilson se tornou o homem forte no departamento de futebol, sendo o responsável pelas contratações.

Pereira, que é ex-jogador, foi zagueiro do Coritiba entre 2009 e 2013, conquistando o campeonato paranaense 4 vezes, campeão brasileiro da Série B e vice-campeão da Copa do Brasil por duas vezes. Foi a primeira vez que Pereira exerceu cargo administrativo em sua carreira.

O Coxa agora aposta as fichas em Tcheco até anunciar um novo comandante, e vai a campo no próximo sábado (18), contra o Atlético-GO, às 16h30, no Estádio Olímpico, em busca de uma vaga no G-4.