Carlos Henrique liga sinal de alerta no Sport: ''Precisamos voltar a vencer''
Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Carlos Henrique liga sinal de alerta no Sport: ''Precisamos voltar a vencer''

Atacante disse que o time precisa voltar a vencer e que a "gordura" que o Leão ganhou antes da Copa do Mundo acabou

miguel-angelo
Miguel Inácio

O empate contra a Chapecoense nos acréscimos, no último domingo, prolongou a sequência negativa do Sport. Já são sete jogos sem vencer. São apenas três pontos de distância do Z-4. O atacante Carlos Henrique, que marcou o gol de empate contra a Chape, já cravou que a gordura acumulada que o time guardou quando teve boa sequência antes da parada para a Copa do Mundo acabou.

"A gente é ciente que precisa melhorar. Mas também, antes da Copa, fizemos muitos pontos e , mesmo sem vencer, não entramos na zona do rebaixamento. Agora nossa gordura acabou e precisamos voltar a vencer", disse.

O atacante atuou pela primeira vez durante os 90 minutos de uma partida no Sport justamente contra a Chape. Criticado por excesso de peso, Carlos Henrique comentou ainda sobre suas próprias gorduras acumuladas e lembrou de uma história bem inusitada, de quando ainda jogava pelo Londrina.

"Eu fiquei 15 dias trancado no CT do clube com alimentação especial e treinando em separado. Perdi seis quilos, mas não conseguia render do mesmo jeito. Então a gente decidiu que eu voltasse ao meu peso normal e deslanchei no Londrina", declarou.

O jogador chegou a marcar 11 gols pelo Londrina no ano passado. Ainda sem deslanchar no Sport, o atacante conta que ficou surpreso sobre o próprio desempenho físico na partida do último domingo (5).

"Até eu me surpreendi. Me senti bem o jogo todo. Se eu precisasse treinar na última terça, treinava normalmente. Acho que só tenho a melhorar e dar alegria ao torcedor", falou.

VAVEL Logo

    Sport Club do Recife Notícias

    há 6 dias
    há 12 dias
    há 14 dias
    há 16 dias
    há 20 dias
    há 22 dias
    há 24 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês