Para quebrar tabus, São Paulo vai à Recife enfrentar Sport pelo Brasileirão
Para manter a liderança, São Paulo vai a Recife enfrentar o Sport. Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net

Para quebrar tabus, São Paulo vai à Recife enfrentar Sport pelo Brasileirão

São Paulo não consegue se manter na liderança por duas rodadas consecutivas desde 2013 e não vence o Sport como visitante desde 2012. Enquanto Tricolor lidera o Brasileirão, Leão é o pior do período Pós-Copa e luta no meio da tabela

marcos-antomil
Marcos Antomil
Sport Magrão; Cláudio Winck, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Deivid, Fellipe Bastos; Rogério, Gabriel e Rafael Marques (Marlone); Carlos Henrique. Técnico: Claudinei Oliveira.
São Paulo Sidão; Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Hudson e Liziero (Jucilei); Nenê, Rojas e Everton; Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre
ÁRBITROAnderson Daronco (FIFA-RS), Assistente 1: Rafael da Silva Alves (CBF-RS) e Assistente 2: Michael Stanislau (CBF-RS).
INCIDENCIAS18ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Ilha di Retiro.

2013 não é um ano guardado de forma positiva na memória de torcedores de Sport e São Paulo, times que se enfrentam neste domingo (12), na Ilha do Retiro, no Recife, às 16h. Naquele ano, o Sport disputava a Série B do Campeonato Brasileiro, enquanto assistia seu rival Náutico na divisão principal. Já os são-paulinos lembram do risco iminente de rebaixamento, cessado com a chegada do técnico Muricy Ramalho.

Mas 2013 não foi de todo ruim para as duas equipes. O time pernambucano terminou em 2º na Série B, ficando atrás apenas do Palmeiras e garantindo o acesso à primeira divisão do ano seguinte - onde não enfrentaria o rival alvirrubro, já que o clube capibaribe terminara na lanterna da Série A.

Tabu

O São Paulo, porém, tem algo ainda maior para defender em 2018 com relação a 2013. Foi há cinco anos a última vez em que o time do Morumbi permaneceu por duas rodadas consecutivas na liderança do Brasileirão. É certo que a liderança foi constituída entre a segunda e terceira rodadas da Série A daquela temporada, quando o Tricolor havia acumulado 7 pontos, com vitórias sobre Ponte Preta (2 x 0, no Moisés Lucarelli) e Vasco (5 x 1, no Morumbi) e um empate sem gols contra o Atlético-MG no Independência. Depois, o São Paulo acabou perdendo a liderança logo na rodada seguinte, quando perdeu, em casa, para o Goiás por 1 x 0.

Basta uma vitória simples na Ilha do Retiro para o time de Diego Aguirre manter a liderança e ainda quebrar um tabu que já dura 5 temporadas.

O Sport vem em mau momento na competição. Desde o retorno do Brasileirão, a equipe só conseguiu um empate - contra a Chapecoense na última rodada (1 x 1). O aproveitamento caiu de 52,8% para 6,6%.

Mais Lei do Ex

Se na rodada passada contra o Vasco, o São Paulo tinha maiores possibilidade de ver a Lei do Ex funcionar a seu favor, diante do Sport as coisas podem ser diferentes, e, no mínimo, se igualam.

No clube do Recife, dois ex-são-paulinos podem entrar em campo: o meia Michel Bastos e o atacante Rogério. O meio-campista teve constatada uma lesão de grau 1 na coxa direita antes do jogo contra a Chapecoense no fim-de-semana passado, porém teve boa recuperação, na quarta-feira já pôde treinar normalmente e estará à disposição do técnico Claudinei Oliveira.

Rogério também retorna após lesão na coxa esquerda, que o deixou fora das duas últimas rodadas. "Às vezes, quem está de fora é a solução. Você coloca e talvez ele não te ajude. Rogério estava no campo nos melhores momentos do Sport na Série A, como na vitória sobre o Palmeiras, que ele entrou no jogo e participou da virada. Eu sei que o torcedor pode ter alguma restrição, mas ele termina a jogada, dá profundidade. Do que eu peço, ele é o que mais me dá." - afirmou o treinador da equipe rubro-negra.

Além de Rogério e Michel Bastos, Claudinei Oliveira deverá contar com o atacante Morato, que chegou do São Paulo para o Sport na transação que envolveu o atacante Everton Felipe.

Do lado paulista, além de Diego Souza, que deixou o Sport no início desta temporada, o São Paulo terá no banco de reservas Everton Felipe - que deixou o Leão esta semana para acertar com o Tricolor. O atacante foi relacionado para a partida pelo técnico Diego Aguirre.

Em sua chegada ao clube, Everton Felipe valorizou as conversas que teve com Raí, diretor executivo de futebol do clube: "O Raí me ligou. E quando você sabe que o Raí conta com você, as coisas mudam, porque tem uma história sensacional no clube e no mundo. Eu disse que queria vir para cá, porque é muito importante para mim."

Outro são-paulino que poderá marcar contra seu ex-clube é o lateral-esquerdo Reinaldo, que esteve emprestado ao Sport entre os anos de 2012 e 2013, antes de sua primeira passagem pelo clube do Morumbi.

Altas e Baixas

Se no Sport o clima é favorável pelo retorno de jogadores importantes, no Morumbi há preocupações para este confronto de domingo. O técnico Diego Aguirre não poderá contar com os 12 jogadores a que tem direito no banco de reservas. 

Sem Rodrigo Caio (aprimoramento da forma física após cirurgia no pé esquerdo), Edimar (entorse no tornozelo esquerdo) e Gonzalo Carneiro (dores musculares), além de Lucas Fernandes (indisposição digestiva), o treinador uruguaio convocou apenas 20 atletas. Lembrando que esta será a primeira partida sem Éder Militão, vendido ao Porto-POR - Bruno Peres assumirá a posição na lateral-direita.

A boa notícia fica por conta do retorno do zagueiro Anderson Martins, que cumpriu suspensão automática na última partida por ter acumulado três cartões amarelos.

Retrospecto

O São Paulo não perde para o Sport desde julho de 2015, quando saiu derrotado da Arena Pernambuco por 2 a 0. De lá para cá, foram 5 jogos, com 2 vitórias são-paulinas e 3 empates. Dos últimos 16 confrontos entre as equipes pelo Brasileirão, o São Paulo só perdeu duas vezes.

Porém um dado histórico pesa a favor do Sport: o time pernambucano não perde como mandante para o clube do Morumbi desde outubro de 2012 - ano do último rebaixamento. Na ocasião, os paulistas construíram um placar de 4 x 2 na Ilha do Retiro. Desde então, foram 4 partidas, com dois empates e duas vitórias rubro-negras.

O Leão da Ilha começa a 18ª rodada em 12º lugar, com 20 pontos. Já o Tricampeão Mundial é líder do Brasileirão, com 35 pontos. Sport e São Paulo se enfrentam neste domingo (12), às 16h, na Ilha do Retiro.

 

VAVEL Logo

Futebol Brasileiro Notícias

há 9 horas
há 20 horas
há 9 horas
há 9 horas
há 15 horas
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 5 dias
há 5 dias
há 5 dias