Em busca da recuperação no Brasileiro, Atlético-MG e Santos duelam no Independência
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Em busca da recuperação no Brasileiro, Atlético-MG e Santos duelam no Independência

Jogo deste domingo será o 5° encontro entre Cuca e Galo desde que o treinador deixou a equipe no fim de 2013

leo-moura
Leonardo Almeida

Atlético-MG e Santos se enfrentam neste domingo (12), às 11h, no Horto, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Galo vai em busca dos 3 pontos para não se distanciar muito do G4. Já o peixe, está na 15° colocação do Brasileiro e busca se afastar da zona de rebaixamento.

Para a partida, o técnico Thiago Larghi não terá à sua disposição o latarel-esquerdo Fábio Santos. O jogador ainda sente dores no tornozelo devido à uma dividida no jogo contra o Paraná. No meio campo, Nathan ganhará a chance de começar jogando pela primeira vez desde que chegou ao Galo. Outro que ganha mais uma oportunidade, é o argentino Tomás Andrade.

Contudo, o técnico do Atlético mandará uma equipe bastante ofensiva à campo. Ele afirmou que confia nas mudanças e que todos precisam mostrar o seu valor em campo.

"É uma possibilidade de mudança. São jogadores que vem treinando e mostrando qualidade. Eles tornariam o nosso time um pouco mais ofensivo. Nathan... Tomás fez vários jogos jogando pelo lado. Antes da parada da Copa ele jogou bem pelo lado e tem a chance sim. A gente precisa dar a oportunidade para os jogadores mostrarem... Os jogadores estão trabalhando bem e em nível competitivo. A gente procura utilizar o melhor e tentar encontrar o encaixe para este time", disse.

(Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Jogo de reencontros

A partida deste domingo marcará, além do reencontro de Cuca com o Atlético-MG, o primeiro encontro de Santos e Ricardo Oliveira desde que o camisa 9 deixou a Vila Belmiro. Dono de umas piores campanhas pós Copa Mundo, o clube santista ainda não venceu após a competição na Rússia. Os comandados de Cuca vem de um empate contra o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro. É a pior sequência de resultados, desde 2014. O treinador do peixe falou sobre o momento ruim da equipe.

"Eu acho que ela é grande (dificuldade), justamente porque dentro da competição existem formas de atuar. Equipes em estágio acima do meu, nem digo do Santos, digo do meu. Entrosamento, conjunto. Mesmo com mau momento, há uma situação calculada, que eles conhecem, diferente da minha e de quem estreia. Atípico ter estreias em agosto, e ainda não na forma ideal. Tudo requer tempo. Adaptação, cidade, companheiros... Entender como gostam de receber, tocar uma bola. Tudo é beabá e estamos atropelando etapas", destacou.

O Santos terá os desfalques do volante Yuri (com dores no pé esquerdo) e do atacante Eduardo Sasha ( em fase de transição). 

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos)

VAVEL Logo

Atlético MG Notícias

há 5 dias
há 8 dias
há 7 dias
há 11 dias
há 12 dias
há 13 dias
há 17 dias
há 19 dias
há 20 dias
há 21 dias
há 21 dias