Mazola Júnior teme desequilíbrio emocional após expulsões contra Atlético-GO

Criciúma arrancou um empate de 1 a 1, em casa, diante do Dragão, em jogo com quatro expulsões

Mazola Júnior teme desequilíbrio emocional após expulsões contra Atlético-GO
Foto: Divulgação / Criciúma EC

O Criciúma garantiu somente um ponto com o empate de 1 a 1 contra o Atlético-GO na tarde deste sábado (11), jogando em casa, no estádio Heriberto Hülse, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O Tigre marcou aos 50 do segundo tempo, com Vitor Feijão, para buscar o empate no sul catarinense.

Em um jogo conturbado que ficou marcado por quatro expulsões, duas em cada lado, o técnico do Criciúma, Mazola Júnior, afirmou que não viu ao certo o que aconteceu durante o lance e espera que durante os próximos jogos, não se repita.

"Não sou a favor desse tipo de situação, estava longe, não sei o que aconteceu. Mas não podemos entrar nisso e ter esse desequilíbrio emocional. As expulsões serão tratadas pela diretoria” , afirmou. 

Mazola destacou o desempenho positivo de ambas as equipes durante a partida. Falou também sobre dificuldades no elenco, como substituir jogadores lesionados e manter o equilíbrio. 

“As duas equipes tiveram a competência de fazer os gols e foi importante começarmos o turno com um ponto. Substituir o Luiz não é fácil, o Criciúma está bem servido de goleiro. Já o Liel não está improvisado, ele jogou há anos na zaga. Não há problema nenhum” explicou o treinador.

O comandante enfatizou o apoio incondicional que a torcida vem mostrando nas últimas rodadas em casa e pediu apoio ao torcedor durante os próximos jogos. 

“Temos que agradecer a presença do torcedor pelo apoio. Fiquei esperançoso e ainda temos nove partidas no Heriberto Hülse e que eles possam nos apoiar” disse.

O próximo confronto do Criciúma será na terça-feira (14) contra a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, às 21h30, pela 21ª rodada da Série B. Já o Atlético-GO enfrenta o Coritiba, em casa, no sábado (18) às 16h30.