Moisés enaltece festa da torcida do Botafogo em classificação: "Jogaram junto"
(Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)

Moisés enaltece festa da torcida do Botafogo em classificação: "Jogaram junto"

Lateral alvinegro foi um dos destaques da vitória por 2 a 0 sobre o Nacional e teve seu nome gritado pelos botafoguenses

CaioCarvalho97
Caio Carvalho

Em um Nilton Santos lotado de torcedores apaixonados, o Botafogo venceu o Nacional-PAR por 2 a 0 e se classificou para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. Um dos destaques da partida, Moisés teve seu nome gritado pelos botafoguenses presentes no estádio.  

Após o confronto, o lateral elogiou muito a torcida e comemorou muito a classificação diante da equipe paraguaia. Moisés também comentou sobre o sentimento dos jogadores dentro de campo ao ver todo o apoio dos torcedores alvinegros. 

"Parabenizar a torcida. Eu, como jogador do Botafogo, ainda não tinha visto uma festa dessas. Só no ano passado, mas acompanhando de fora. Está de parabéns a equipe pela entrega, e a torcida está de parabéns pelo resultado e pela classificação", afirmou. 

"A torcida joga junto com a gente. Quando você está cansado, a torcida canta, incentiva, e a motivação deles nos ajuda em campo", enalteceu. 

O jogador citou a chegada de Zé Ricardo como um fator importante para a melhora da equipe e para a conquista da classificação. 

"Com certeza essa chegada do Zé já melhorou muita coisa, acho que o time está mais compacto, a gente sabe o que quer. Sabe para onde correr, não corre desorganizado. Está atacando, mas defende ao mesmo tempo. Hoje foi uma prova disso", disse. 

Moisés falou brevemente sobre o Bahia, próximo adversário do Botafogo na competição. As equipes se enfrentaram esse ano pelo Campeonato Brasileiro. A partida foi realizada na Fonte Nova e terminou em 3 a 3. 

"Jogo só termina quando o juiz acaba. Acho que fizemos bom jogo em Salvador. Na última bola, saiu o empate, aconteceu com o Paraná ainda. Bahia tem um contra-ataque muito rápido, mas é só lá na frente. Vamos aproveitar a vitória, valorizar a garra e virar a chavinha porque domingo tem Brasileiro", frisou. 

O canhoto fez um balanço do ano alvinegro até agora. Desde a frustrante eliminação na Copa do Brasil para o Aparecidense, até a vitória contra o Nacional e a recuperação da relação de amor com a torcida. Por fim, Moisés traçou o objetivo para a equipe nos próximos jogos. 

"Não fizemos um bom primeiro turno como esperávamos, mas mudou a chavinha agora, mudou o treinador e já melhorou muita coisa. Fundamental a torcida estar do nosso lado, festa linda. É bem diferente jogar com estádio cheio e estádio vazio. Eliminação da Copa do Brasil passou, primeiro turno tem só mais um jogo. Agora é focar na Sul-Americana e para brigar lá em cima no Brasileiro", concluiu. 

VAVEL Logo