Hudson valoriza vitória, mas desataca: "São mais 19 finais"
Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net

Hudson valoriza vitória, mas desataca: "São mais 19 finais"

São Paulo conquistou o título simbólico do Primeiro Turno do Brasileirão após vitória sobre a Chapecoense no Morumbi

marcos-antomil
Marcos Antomil
São PauloSidão; Bruno Peres, Bruno Alves, Arboleda, Edimar; Liziero (Hudson) e Jucilei; Everton Felipe (Rojas), Shaylon (Nenê) e Everton; Diego Souza
ChapecoenseJandrei; Eduardo, Thyere, Douglas e Alan Ruschel; Márcio Araújo e Amaral (Osman); Bruno Silva (Leandro Pereira), Canteros e Diego Torres (Yann Rolim); Wellington Paulista

Na noite deste domingo (19), o São Paulo quebrou o tabu de nunca ter derrotado a Chapecoense como mandante. No Morumbi, o Tricolor fez 2 a 0 sobre o time catarinense, de quebra garantiu o título simbólico do primeiro turno e ampliou para 3 pontos sua vantagem para o segundo colocado, que é agora o Internacional.

O autor do primeiro gol são-paulino na partida foi Shaylon. Surpresa na escalação, o meio-campista inaugurou o marcador aos 2 minutos da etapa inicial.

No segundo tempo, o técnico Diego Aguirre fez suas alterações na equipe do Morumbi, entre elas a entrada de Hudson no lugar de Liziero. Mais uma vez dando razão às opções do treinador uruguaio, Hudson ampliou a vantagem, 2 a 0.

O volante são-paulino tratou de dar valor à manutenção do desempenho do time: “Estamos vivendo um momento bom. Equipe está em uma crescente, mantendo a regularidade. O campeonato premia o mais regular." - disse Hudson.

Apesar da vantagem e do título do turno, o volante são-paulino manteve os pés no chão, ao comentar o resultado sobre a Chapecoense: "É uma vitória muito importante, abrimos um pouquinho mais. É continuar nessa batida. São mais 19 finais para gente, estamos encarando como finais.” - analisou Hudson.

Outro que começou no banco de reservas e foi bastante aplaudido pela torcida foi Nenê. O meia mantém o mesmo pensamento de seu companheiro de equipe: "O resultado é favorável, mas não ganhamos nada. Não podemos nos prender a isso, faltam muitos jogos e a diferença de pontos é pequena. O Campeonato Brasileiro é muito disputado. Se a gente não botar nossa intensidade em cada jogo, nada vai valer" - finalizou Nenê.

O São Paulo não tem outras competições além do Brasileirão para disputar no restante da temporada. O time do Morumbi enfrenta na próxima rodada o lanterna da Série A, Paraná Clube, na Vila Capanema, quarta-feira, às 19h30.

VAVEL Logo