Fortaleza busca ampliar folga na liderança diante do Londrina
Nenê bonilha vê partida como importante, mesmo com rotina desgante da semana. (Foto: Leonardo Moreira/ Fortaleza EC)

O Fortaleza já começou a fazer as contas para conquistar o acesso à elite do Futebol Brasileiro, apesar do técnico Rogério Ceni não admitir publicamente. Por isso, vencer em casa é essencial. Neste sábado (25), o Leão do Pici recebe o Londrina, às 19 horas, na Arena Castelão, pela 23ª rodada da Série B. Na liderança isolada, com 43 pontos, o Tricolor busca a reabilitação depois de ter perdido para o CRB, por 2 a 1, na última terça-feira. O time leonino tem a melhor campanha como mandante: oito vitórias, um empate e duas derrotas. Já o Londrina, embalado por duas vitórias seguidas, o Londrina subiu para a zona intermediária da tabela.

Fortaleza conta com reforços

O zagueiro Diego Jussani e o volante Felipe voltam a estar à disposição de Rogério Ceni depois de cumprirem suspensão automática contra o CRB. O treinador ainda tem as voltas do lateral-direito Tinga e do atacante Wallace, que foram liberados pelo departamento médico tricolor na última quinta-feira. Na lateral direita, Tinga deve ganhar a vaga com Pablo. Diego Jussani e Felipe têm retornos garantidos nos lugares de Ligger e Derley, respectivamente. Já Wallace fica apenas como opção no banco de reservas.

"Sábado temos que vencer. Por isso eu falo para vocês (imprensa) pararem com essa história de "x" vitórias para o acesso, porque quando você tá em primeiro tem que jogar para vencer todas", comentou Rogério Ceni após a derrota contra o CRB durante a semana. O meia Nenê Bonilha comentou sobre a rotina desgastante do Leão, uma vez que essa seman a equipe jogou três vezes. "É desgastante. Todos sabem que as viagens são longas, desgastantes, um jogo atrás do outro... Mas temos condições. O departamento nos dá todo o suporte para recuperar. O tempo (para ajustar os erros) é pouco, mas cada atleta sabe o que errou. É procurar melhorar sempre. O Rogério vem nos falando, temos que corrigir para errar o mínimo possível e fazer um bom jogo", afirmou Nenê.

Londrina tem desfalques importantes

O Londrina terá dois desfalques importantíssimos para esse final de semana. Artilheiro da equipe com sete gols, Dagoberto não viajou com a delegação, assim como seu companheiro de ataque Thiago Ribeiro. Os atletas foram titulares em quatro jogos, acumulando três vitórias e um empate e marcando nove gols. e Paulo Henrique eram opções para o técnico Roberto Fonseca recompor o trio ofensivo ao lado de Paulinho, mas o comandante pode optar por mudar a formação e ir com um time mais defensivo.

Fonseca também está com dúvidas para montar a zaga. Luizão cumpriu suspensão no último jogo e está à disposição, mas o técnico gostou da atuação da dupla Dirceu e Lucas Costa e pode manter a formação. Para enfrentar eo líder, o comandante apontou a necessidade de aumentar a atenção e de saber ser decisivo na hora certa. O treinador usou como exemplo a atuação na vitória sobre a Ponte Preta, time que estava brigando pelo G-4, na última partida, quando o Tubarão conseguiu segurar as ações ofensivas do adversário e fez o gol da vitória em pênalti cobrado por Dagoberto.

"Quanto maior o nível, maior atenção você precisa ter. Nós enfatizamos muito isso aos jogadores. Não foi diferente (contra a Ponte Preta). Falei que quem fizesse um gol fatalmente ganharia a partida, que uma falha também decidiria. Contra essas equipes que estão perto dessa faixa de classificação, vamos precisar dessa atenção redobrada", disse Roberto Fonseca.

VAVEL Logo