Geninho vê possibilidade de melhora, mas celebra nova vitória do Avaí fora de casa
Treinador foi homenageado pelo Azulão antes da partida (Foto: Jesus Vicente/Repórter Anônimo/EC São Bento)

Melhor visitante da Série B, o Avaí confirmou o retrospecto na inédita visita ao Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. Neste sábado (25), o Leão derrotou o São Bento por 1 a 0, gol marcado por Rômulo. O goleiro Aranha ainda defendeu um pênalti. Foi a sexta vitória do time fora de casa na Segundona, a 13ª no ano. Com mais três pontos, o time catarinense subiu para o terceiro lugar, com 39 pontos.

O técnico Geninho, do Avaí, foi homenageado antes da partida pelos seus serviços prestados ao São Bento com goleiro, entre 1976 e 1980. O treinador comemorou os três pontos conquistados pelo seu time em mais uma partida longe de Florianópolis, mas também apontou pontos para melhora.

"O resultado final foi o mais importante, levar três pontos em jogo complicado. Em alguns momentos não fizemos uma marcação encaixada, deixamos alguns espaços na entrada da área, os lados. Sofremos um pouco por alguns erros, mas tivemos muitos pontos positivos. Quando em um dia com erros você consegue vencer, tem que comemorar, porque vai trabalhar e corrigir os erros com uma vitória", afirmou.

+ Confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

Geninho destacou também a importância do pênalti defendido por Aranha, ainda quando a partida estava 0 a 0, e como esse momento foi decisivo para a vitória avaiana.

"Foi um lance decisivo. Se você deixa o São Bento sair com um gol na frente, ele iria se encaixar atrás, iria jogar no contra-ataque e mudava o jogo, o panorama da partida. Mais uma vez ele participou de maneira efetiva, isso deu uma chacoalhada no time, foi até bom, encaixou e passou a jogar melhor", analisou.

Às vésperas do clássico contra o Figueirense, Geninho pregou cautela, e destacou a preparação que será feita dentro e fora de campo antes de uma partida tão importante.

"Eu vou pensar no clássico a partir de segunda. Estamos comemorando a vitória, é dia de ver como aconteceu a rodada, a diferença para A, B ou C. Voltar aos quatro é muito bom e a partir de segunda vamos ver tudo do Figueirense, com o maior respeito. Diferença de pontos, local de partida, fase, nada disso influencia. Clássico é uma motivação diferente, ter muita calma e discernimento com relação a treinamento, com o que vai falar. Uma frase pode ser mal interpretada, vamos orientar o grupo para falar o mínimo possível e respeito total. Cada um vai tentar fazer seu resultado e espero que a gente continue nessa caminhada, uma terceira vitória na Ressacada seria excelente. É mais um adversário para ultrapassar e chegar ao nosso objetivo", disse.

O clássico de Florianópolis acontece no próximo sábado (1º/9), às 16h30, no Estádio da Ressacada. O Figueirense ocupa o oitavo lugar, com 34 pontos, cinco ao menos que o Avaí.

VAVEL Logo