Felipão pede foco total na Libertadores após empate sem gols com Inter: "Cabeça no lugar"
Foto: Divulgação/Palmeiras

Em grande fase, o Palmeiras não saiu do zero a zero contra o Internacional, em Porto Alegre, pela 21 ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe alviverde mesmo com o time misto, saiu mais uma vez da partida sem tomar gol e também segue invicta na competição.

Após a partida, Felipão comentou que o jogo foi bem disputado e que o time subiu para a quarta posição da tabela. Destacou a força do desempenho dos seus comandados.

“Temos uma solidez defensiva, tem um trabalho de equipe que faz com que nosso sistema defensivo seja um pouco menos acionado do que vinha sendo. Vamos ver se a gente mantém isso contra o Cerro. Principal motivo é que os jogadores entenderam como trabalhamos, como realizamos os treinamentos e adaptação ao que queremos”, explicou.

Como já vem sendo de costume, o Palmeiras está alternando a equipe e mesmo assim, não está perdendo a qualidade da defesa, nem do ataque. Scolari falou um pouco sobre esse rodízio que ele vem fazendo com o time.

“Às vezes a gente usa "poupar um jogador", mas quem tem um grupo como nós temos a gente roda os jogadores, examina as condições físicas porque que tem uma dupla de zaga com Luan e Gustavo não é problema algum trocar. A gente tem de dar tempo para um ou outro jogador com um pouco mais de idade, com exames feitos de que é possível que não aguente três jogos seguidos... Vamos mesclando. E mesclando a equipe temos uma solidez bastante boa, com qualquer equipe que colocarmos em campo”, frisou.

O Palmeiras comemora hoje o seu aniversário, 104 anos de muita história. Mas para Felipão, a festa vai ficar para depois, o treinador quer foco total para o duelo de quinta (30) pela Libertadores, contra o Cerro Porteño. O treinador disse que não vai liberar nenhum jogador para a festa de comemoração na terça-feira.

“Tem de ter calma. Meu torcedor que não se deixe empolgar pela imprensa. A imprensa que é empolgada por 2 a 0, meu time não. Calma, pé no chão, não ganhou nada. O Cerro jogou com novo treinador, ganhou de 4 a 2, aconteceram mudanças na equipe. Temos de ter muito cuidado. É o pensamento do meu grupo. Tanto que na terça-feira será a festa no Palmeiras, pessoal solicitou que alguns jogadores fossem e ninguém vai. Temos de nos preocupar com o jogo. Festa é quando terminar o jogo. Cabeça no lugar”, finalizou.

VAVEL Logo