Após segunda derrota seguida, Bruno cita 'falta de tranquilidade' no ataque do Bahia
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Nas últimas duas partidas disputadas pelo Brasileirão, o Bahia não conseguiu marcar. Juntando as estatísticas do jogo contra o Inter, em casa, e contra o Santos, na Vila Belmiro, foram 20 finalizações do tricolor baiano, mas sem bolas na rede. O lateral Bruno comentou sobre o momento ofensivo do time.

"É a falta de tranquilidade. O bom é que estamos construindo. Também, às vezes, é um pouco de sorte. É ter essa tranquilidade, ter atenção, passar confiança, para que possa acertar no último terço, concluir bem e conquistar essa confiança", disse.

Longe de Salvador, o problema do Bahia é outro. Foram nove partidas disputadas como visitante e nenhum triunfo. Os tricolores já acumulam seis derrotas e três empates, tendo sofrido 15 gols e marcado apenas três. O assunto já vinha sendo discutido sob o comando do ex-técnico tricolor, Guto Ferreira. Com Enderson Moreira, Bruno avalia que falta pouco para o tabu cair.

"Detalhe. A gente vem fazendo boas partidas fora, mas tem que sustentar mais, ser inteligente. A equipe está em um bom caminho. É um campeonato equilibrado, então é ter tranquilidade. A gente vem conversando que, quando tiver triunfando, tem que manter os pés no chão. Quando não tiver, tem que buscar o que está faltando. Treinar e já pensar no próximo jogo", declarou.

E a oportunidade de triunfo fora de seus domínios já pode se tornar realidade na próxima rodada. Isso porque o Bahia sai para enfrentar o Ceará, em Fortaleza, por partida atrasada da 15ª rodada da Série A.

"Jogo muito importante. A gente está mentalizando as dificuldades de jogar fora. Mas a gente vai acertar hoje. Respeitando muito o adversário, acredito que possa ser um grande jogo, porque as equipes vão buscar o gol, então é ser inteligente para poder triunfar no campo do adversário", finalizou.

VAVEL Logo