Flamengo vence, mas Cruzeiro avança na Libertadores pela vantagem do jogo de ida
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Flamengo vence, mas Cruzeiro avança na Libertadores pela vantagem do jogo de ida

Léo Duarte fez o gol rubro-negro no Mineirão, mas não foi o suficiente para que a equipe carioca avançasse

yannrodrigues
Yann Rodrigues
CruzeiroFábio; Lucas Romero (Edílson, min. 57), Dedé, Léo e Egídio; Lucas Silva e Henrique; Robinho (Rafinha, min. 74), Arrascaeta e Thiago Neves; Barcos (Raniel, min. 70).
FlamengoDiego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê (Geuvânio, min. 88); Cuéllar (Lincoln, min. 82); Paquetá, Diego, Everton Ribeiro e Marlos Moreno; Vitinho (Henrique Dourado, min. 68).
Placar0-1, min. 69, Léo Duarte.
ÁRBITROAndres Cunha (URU). Cartões amarelos: Renê, Léo Duarte, Rodinei e Diego (FLA); Thiago Neves, Rafinha e Raniel (CRU).
INCIDENCIASPartida de volta válida pelas oitavas de final da Libertadores, disputada no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Gigantes! Flamengo e Cruzeiro podem ser definidos desta maneira após às oitavas de final da Conmebol Libertadores. Apesar da vitória carioca por 1 a 0, dentro do Mineirão, com gol de Léo Duarte, avançou a equipe celeste pela vitória por 2 a 0 no Maracanã. 

Marlos Moreno teve a primeira oportunidade da noite. Após levantamento na grande área, a bola sobrou para o camisa 17, que emendou de primeira pela linha de fundo, levando perigo ao gol de Fábio. 

Barcos teve a grande chance de colocar a Raposa com os pés nas quartas. Arrascaeta tomou a bola de Diego, tabelou com Robinho e colocou o atacante, na pequena área, de frente para o gol, mas ele finalizou de tornozelo e jogou para fora. 

Em sequência, o Rubro-Negro teve duas grandes chances de abrir o placar. Primeiro, Diego finalizou e Fábio espalmou. Logo depois, Everton Ribeiro chutou da entrada da área, mas a bola passou ao lado da meta cruzeirense. 

No segundo tempo, Diego Alves operou um milagre no Gigante da Pampulha. Arrascaeta levantou na área, Barcos ajeitou e Thiago Neves, quase dentro do gol, chegou finalizando, mas parou no goleiro adversário, que saiu em seus pés. 

A resposta do Flamento levantou 40 milhões de torcedores espalhados pelo Brasil. Diego bateu escanteio, Fábio afastou mal, Everton Ribeiro devolveu para confusão e Léo Duarte colocou a cabeça na bola para abrir o placar. 

O time da Gávea lutou até o final, brigou contra os contra-ataques fulminantes e perigosos do time mineiro, mas não conseguiu o gol que levaria o embate às penalidades máximas. 

Ao Cruzeiro resta aguardar o seu adversário nas quartas de final. Libertad e Boca Juniors definem a vaga nesta quinta-feira (30). Para o Flamengo sobrou o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil, competições que o time tem grandes chances de título. 

VAVEL Logo

    Cruzeiro Esporte Clube Notícias

    há 21 horas
    há 21 horas
    há 6 dias
    há 6 dias
    há 7 dias
    há 7 dias
    há 7 dias
    há 7 dias
    há 9 dias
    há 9 dias
    há 10 dias