Diego analisa mês de agosto do Flamengo: “Poderia ter sido melhor”
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Diego analisa mês de agosto do Flamengo: “Poderia ter sido melhor”

Meia agradeceu incansável apoio da torcida, analisou o jogo contra o Ceará com ausências de Cuéllar e Léo Duarte, e fez algumas críticas à CBF

yannrodrigues
Yann Rodrigues

O elenco do Flamengo se reapresentou na manhã desta sexta-feira (31), para dar início aos trabalhos visando o duelo diante do Ceará, que acontece no próximo domingo (2), às 11h, no Maracanã

Após as atividades comandadas pelo técnico Maurício Barbieri, o meia Diego falou com a imprensa no Ninho do Urubu. Ele agradeceu o apoio da torcida, aprovou toda conexão e afirmou que isso não deixa o time mais acomodado. 

"Agradeço mais uma vez por tudo que os nossos torcedores têm feito por nós. O último jogo, antes durante e depois, foi um ótimo exemplo disso. A postura deles nos deixou extremamente orgulhosos. Mas isso não vai nos deixar acomodados. Nosso grupo está muito focado e só ficaremos satisfeitos quando alcançarmos nosso objetivo, que é ser campeão. Só assim poderemos retribuir essa confiança da melhor forma. É fundamental ter esse relacionamento e conexão com a torcida, que dispensa comentários e faz a diferença. Tê-los ao nosso lado é um privilégio, então usaremos isso como motivação para seguir vencendo e crescendo”

Muito esperado por toda torcida, o mês de agosto foi agitado. Eliminação na Libertadores, classificação contra o Grêmio na Copa do Brasil e perda de liderança no Campeonato Brasileiro. O camisa 10 fez uma análise e saldo da maratona. 

"O mês de agosto foi intenso. Era um período importante e que o nosso objetivo era seguir vivos em todas as competições. Não conseguimos em uma, por isso fica o sentimento de que poderia ter sido melhor. Por outro lado, restam dois torneios extremamente importantes. Vamos nos dedicar com tudo para chegarmos aos títulos”

Para o próximo confronto pelo Brasileirão, o Rubro-Negro terá duas baixas no time titular. Léo Duarte e Cuéllar, fundamentais para equipe, estão fora por suspensão. Diego elogiou os companheiros, mas depositou confiança nos que serão escolhidos por Barbieri. 

“Para seguir em alto nível, a equipe precisa defender bem e tomar poucos gols. O sistema defensivo começa lá na frente, pois o time precisa trabalhar junto e compacto. É um número que podemos melhorar e estamos atentos nisso. Para continuar no topo, precisamos estar sempre nos cobrando e evoluindo. São dois jogadores importantíssimos. O Léo está cada vez melhor, é um jogador diferenciado. Isso nos ajuda muito. O Cuéllar vem mantendo um nível altíssimo há algum tempo, com muita dedicação e vontade. Porém, acredito totalmente em quem vai entrar e que será uma equipe competitiva. Temos um bom elenco e é natural que jogadores importantes estejam fora as vezes. Quem for escolhido pelo Barbieri certamente tem condições de lutar pela vitória”

O camisa 10 da Gávea tratou o duelo contra o time nordestino e usou como exemplo o jogo contra o São Paulo. Ele completou afirmando que a equipe carioca vai com força máxima em busca dos três pontos. 

“Será um jogo difícil. Eles fizeram uma boa partida contra o São Paulo. Eles tiveram a oportunidade de abrir o placar quando estava 0 a 0. O Campeonato Brasileiro já cansou de mostrar que tem que respeitar os adversários e trabalhar muito para conseguir as vitórias. A melhor forma de seguir em frente é encarar o próximo confronto como o mais importante. Vamos com força total e buscando a vitória”

Por fim, o atleta comentou sobre o pedido de adiamento da partida pela Copa do Brasil, negado pela CBF. Ele demonstrou apoio ao presidente do clube, criticou o calendário do futebol brasileiro e a falta de bom senso da entidade. Apesar das reclamações, garantiu um Flamengo forte independente do dia da partida. 

“Particularmente, fico decepcionado. Concordo muito com o que o nosso presidente falou. Em alguns momentos, é preciso ter bom senso. Como não vamos falar disso se o nosso calendário é insano e desorganizado? Quem sofre com isso somos nós, que estamos envolvidos diretamente com o futebol. Se tomam decisões erradas de calendário e de impor condições desumanas com programações que não se encontram, esse bom senso é necessário para mudar e amenizar esse prejuízo. O Flamengo estará pronto independente do dia da partida, iremos com quem estiver disponível e vamos para cima com tudo”

VAVEL Logo

    Flamengo Notícias

    há um dia
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 3 dias
    há 3 dias
    há 3 dias
    há 4 dias
    há 7 dias
    há 7 dias