Após criticas à diretoria do Santos, Cuca nega que tenha pedido desculpas a Peres

Treinador negou que tenha pedido desculpas ao Presidente, e disse que não fez críticas e sim um desabafo

Após criticas à diretoria do Santos, Cuca nega que tenha pedido desculpas a Peres
Foto: Ivan Storti/Santos Futebol Clube

A eliminação na Copa Libertadores, na última terça-feira (28), diante do Independiente, no Pacaembu ainda rende assunto na Vila Belmiro. Após a partida, o técnico Cuca fez duras críticas à diretoria, dizendo que o Santos precisa melhorar muito internamente e profissionalmente. O presidente José Carlos Peres, havia dito, em evento na Federação Paulista de Futebol, nesta quinta-feira (30), que o treinador havia pedido desculpas à ele. 

Porém, em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (31), no CT Rei Pelé, Cuca negou contato com Peres e disse que não tem que pedir desculpas. 

"Não tenho que pedir desculpas, como não fiz. Quando precisar eu peço sem problemas, como fiz com a Polícia Militar, pois sei que eu errei. Ele (Peres) está certo em dizer que eu tenho que cuidar do futebol. É isso que vou fazer", disse Cuca. 

"Eu não fiz críticas, fui perguntado por um colega de vocês sobre o tema. Se faltava. Disse que faltava e poderia melhorar muito. Não tenho que pedir desculpa de nada se é sentimento meu. Tenho que tentar melhorar o clube que trabalho em todas as partes, principalmente em campo. Conversei com o presidente hoje pela manhã, não quis ofender ninguém. É um sentimento que tenho de melhorar. Não é crítica a A, B ou C. Eu também sou profissional e devo melhorar ", completou. 

Em busca de uma vitória para apaziguar os ânimos e se distanciar do z4, o Santos visita o Vasco, neste sábado (1), às 19h, no Maracanã, pela 22° rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.