Desesperados, Sport e Paraná se enfrentam necessitando de recuperação imediata
Equipes estão na zona de rebaixamento do Brasileirão (Geraldo Bubniak / Paraná Clube)

Desesperados, Sport e Paraná se enfrentam necessitando de recuperação imediata

Equipes se se enfrentam na llha do Retiro, às 16h, e estão cada vez mais ameaçados pelo rebaixamento

SandroQuintanilha
Sandro Quintanilha
SportMagrão; Cláudio Winck; Ernando; Durval; Sander; Fellipe Bastos; Neto Moura; Gabriel; Rogério; Marlone; Hernane.
ParanáRichard; Junior; René Santos; Cleber Reis; Igor; Johnny Lucas; Alex Santana; Caio Henrique;Nadson; Silvinho; Grampola
INCIDENCIASPartida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, disputada na Ilha do Retiro, às 16h

Brigando na parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro, o Paraná visita o Sport, no próximo domingo (2), na Ilha do Retiro, às 16h. Os dois clubes vivem uma péssima fase na competição, estando há mais de sete jogos sem vitória. O vencedor poderá alavancar uma reação, enquanto afundará o rival na crise.

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

Com time quase definido, Leão não pode pensar no empate

O Sport fechou seus portões durante a última preparação antes da partida. Para o técnico Eduardo Baptista, o Tricolor, por ser o atual lanterna, vê com bons olhos a possibilidade do empate, que não pode ser o pensamento do Leão.

"Eles devem vir fechados, não fazem questão de ter a bola, preferem jogar em contra-ataque e transição. Nós atacamos o Paraná durante os 60 minutos. Demos apenas um ataque a eles. E temos de ter atenção às bolas paradas, são os lances de mais perigo que a gente deve ter", analisou.

A principal dúvida dos Pernambucanos está no meio campo. A vaga deixada pelo volante Deivid, que levou o terceiro cartão amarelo contra o Botafogo, está entre Nonoca e Neto Moura. Essa é a ultima questão a ser resolvida pelo treinador, antes de definir o elenco.

"A equipe está praticamente definida. A dúvida é no meio. Tivemos uma primeira semana de trabalho para poder exigir mais um pouco nos treinos. Eles (Neto e Nonoca) fizeram uma semana muito boa. Eles são diferentes, a gente vai trabalhar com um foco maior na parte ofensiva", finalizou.

Ex-Sport, Claudinei tenta usar conhecimento para montar melhor estratégia

Uma possível vantagem para o Tricolor da Vila é o conhecimento do técnico Claudinei Oliveira sobre a equipe adversária. O treinador comandou o Leão, nessa temporada, antes de assumir o clube paranista. Ele afirmou, em entrevista coletiva, que essa sabedoria não beneficia tanto, já que o Rubro-Negro já vive outro momento.

"Eu conheço a maior parte das características dos atletas, como eles também conhecem as minhas formas de trabalhar. Talvez até mudar o gestual. Mas a vantagem não é muito grande, porque cada treinador que chega impõe a sua forma de trabalhar. É a mesma coisa das vezes que vim jogar contra o Paraná", disse.

Claudinei pode apresentar mudanças no elenco titular. A presença Carlos ainda é dúvida, por mais que o jogador esteja liberado do departamento médico e tenha treinado durante a semana. Para o lugar de Leandro Vilela, que foi suspenso na derrota para o Corinthians, Jhonny ou Jhonny Lucas são as principais opções.

VAVEL Logo