Moisés admite mau momento do Botafogo e prega mudança de postura para sair da situação ruim
(Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)

Moisés admite mau momento do Botafogo e prega mudança de postura para sair da situação ruim

Lateral alvinegro lamentou a situação vivida pela equipe, minimizou a questão dos salários atrasados e enfatizou a necessidade de voltar a vencer na competição

CaioCarvalho97
Caio Carvalho

Dois dias após a goleada sofrida contra o Grêmio, o Botafogo se reapresentou e treinou normalmente no Nilton Santos. Nesta segunda-feira (3), Moisés, lateral-esquerdo da equipe carioca, concedeu entrevista coletiva e lamentou a situação vivida pelo alvinegro. Para ele, é inadmissível que o Alvinegro esteja em uma posição tão incômoda dentro do Brasileirão. 

"Se trata de Botafogo, é time grande, tem sua história. Não era para estarmos na situação que estamos. Temos que sair dela. Temos que mostrar em campo. Momento de botar a cara, não se esconder atrás do adversário. Mas quero dizer que a gente tem o comando. Não é porque estamos a dois pontos da zona de rebaixamento que está tudo bagunçado. Momento de se abraçar mais, unir forças. Virão críticas e pressão, que é normal no futebol. O Botafogo não deve estar nesse lugar", disse.

Apresentando uma queda de rendimento individual nos últimos jogos, Moisés reconheceu as más atuações e citou a necessidade de voltar a atuar bem devido a sua importância dentro do grupo. 

"Com certeza. Falo do elenco e de mim também. Eu estou representando o grupo, todos estão devendo. Eu tenho que me cobrar também para poder ajudar o Botafogo. Sei da importância que tenho e responsabilidade que tenho no grupo pelo que apresentei no início do ano. Sei da responsabilidade que tenho para assumir a titularidade na esquerda", admitiu.

O lateral comentou sobre os salários atrasados, garantindo que os jogadores tem total confiança na diretoria e que isso não interfere nos resultados dentro de campo.

"A diretoria tem conversado com a gente. Não interfere nos resultados. Temos a maior culpa dos resultados, porque a gente que joga. A gente que erra passe, a gente que erra gol. Questão do salário não interfere no meio de campo", ressaltou.

Por fim, Moisés fez uma análise e elogiou muito o Cruzeiro, próximo adversário do Botafogo no campeonato. As equipes se enfrentarão nesta quarta-feira (5), às 19h30 (de Brasília), no Nilton Santos, Rio de Janeiro. 

"Sabemos que o meio do Cruzeiro é muito qualificado. Arrascaeta, não sei se está com a seleção, Thiago Neves e Robinho. Bola aérea eles também são muito fortes. Zé Ricardo vai ajustar a gente, e temos que aproveitar os contra-ataques. Cruzeiro tem um elenco muito qualificado, jogadores de seleção. Tanto Dedé quanto outros, que estão numa ótima fase. Não sei como essa vitória vai vir, mas tem que vir de qualquer jeito. Independentemente se eles têm a defesa menos vazada, a gente tem que encontrar uma forma de fazer gol", finalizou.

VAVEL Logo

    Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

    há 10 horas
    há um dia
    há um dia
    há 4 dias
    há 8 dias
    há 8 dias
    há 8 dias
    há 9 dias
    há 11 dias
    há 12 dias
    há 14 dias