No confronto dos desesperados, Brasil vence Sampaio em São Luís
Foto: Lucas Almeida/Twitter Sampaio Corrêa FC

No confronto dos desesperados, Brasil vence Sampaio em São Luís

Os dois times ocupavam a zona de rebaixamento no início da rodada. Com a vitória, os gaúchos conseguiram um alívio, subindo para a 16ª colocação

miguel-angelo
Miguel Inácio
Sampaio Corrêa Busatto; Luis Gustavo, Rogério (Odair), Maracás e Julinho (Bruno Moura); Adilson Goiano, Jocinei e Fernando Sobral; Matheuzinho, Bruninho (Marcos Aurélio) e Uilliam. Técnico: Paulo Roberto Santos
Brasil de PelotasMarcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Rafael Dumas e Alex Ruan; Leandro Leite, Itaqui (Gilson), Pereira (Diego Miranda) e Valdemir; Lourency e Michel (Léo Bahia). Técnico: Rogério Zimmermann
Placar0-1, min 27, Michel. 0-2, min. 62, Michel. 1-2, min. 65, Odair
ÁRBITROPaulo Henrique auxiliado por Leandro dos Santos e Daiane Caroline
INCIDENCIASpartida válida pela 25ª rodada da Série b, realizada no castelão, em são luís

O Sampaio Corrêa recebeu o Brasil de Pelotas e sofreu mais uma derrota nesta Série B. O Rubro-negro gaúcho conseguiu uma vitória por 2 a 1, no Castelão, com dois gols de Michel e agora respira aliviado fora da zona de rebaixamento, subindo para a 16ª posição. O Tubarão, permanece na 19ª colocação, agora com a mesma pontuação do lanterna, Boa Esporte.

O Brasil até começou assustando. Aos 5 minutos, Lourency puxou contra-ataque, invadiu a área do Sampaio e chutou cruzado. Maracás conseguiu interceptar a jogada. Poucos minutos depois, em jogada de ataque do Sampaio, Jocinei chutou de fora da área, a bola resvalou na zaga e sobrou para Uilliam, que tentou de bicicleta sem sucesso.

Nos minutos seguintes, porém, poucas chances. O Sampaio tentou com Matheuzinho, aos 20 minutos, de fora da área. A bola até passou perto, mas, sem muita força e com desvio, não assustou Marcelo Pitol, que acompanhava o lance de perto.

A Bolívia Querida continuou tentando pressionar, mas foi o Brasil de Pelotas que abriu o placar aos 27 minutos. Mais uma vez numa jogada de contra-ataque, Lourency cruzou para Michel marcar de cabeça. Aos 30, nova chance de Michel, com passe em profundidade, mas o goleiro Busatto saiu do gol para evitar a chance Xavante. O Brasil continuou melhor no jogo e ainda teve outra chance aos 40. Depois de cobrança de falta na área do Sampaio, Rafael Dumas subiu em boas condições, mas não conseguiu alcançar a bola.

O Sampaio tentou responder com boa jogada de Bruninho pela esquerda. Ele cruzou para Matheuzinho, mas o atacante não conseguiu completar para o gol dentro da pequena área. Nos acréscimos, nova chance de Matheuzinho em bom chute, mas Pitol conseguiu defender.

O primeiro tempo foi bastante problemático para os maranhenses. O time não conseguiu criar muito ofensivamente e desperdiçou todas as chances que teve. Defensivamente, viu o Brasil criar bons contra-ataques, principalmente com Lourency, na esquerda, e chegar ao gol. Ainda por cima, teve que substituir Julinho e Rogério, os dois lesionados, ainda na primeira etapa, deixando o técnico Paulo Roberto Santos sem muitas opções para revolucionar o time para o segundo tempo.

O Sampaio voltou com atitude na etapa final. Já aos 2 minutos, Uilliam arriscou de fora da área e a bola bateu no travessão. No lance seguinte, Marcos Aurélio, estreante e última substituição no lado do Tricolor, cobrou falta, mas Pitol segurou. Depois, foi a vez de Sobral tentar o chute cruzado de fora da área, direto pela linha de fundo. Aos 10 e aos 11, duas boas chances com Jocinei em cobranças de falta. A primeira foi no travessão, e a segunda passou perto do gol de Pitol.

A sequência de grandes chances do Tubarão continuou. Aos 13, Sobral chutou de fora da área. Pitol defendeu, mas a bola passou por baixo do goleiro e chegou perto de ultrapassar a linha. Rafael Dumas conseguiu chegar antes de Sobral e impedir o gol. O zagueiro Xavante ainda usou a mão no lance para impedir o gol Tricolor antes de Pitol segurar a bola, mas a arbitragem não viu e nada marcou.

Só que foi o Brasil quem chegou às redes. Após cobrança de escanteio, a bola foi desviada no primeiro pau e sobrou para Michel, de novo, completar, ampliando a vantagem Rubro-negra. Mas o gol sofrido não parou o esboço de reação do Sampaio, que conseguiu diminuir a vantagem dos gaúchos no lance seguinte. Marcos Aurélio levantou na área e Odair apareceu na pequena área, contando com falha da zaga Xavante para marcar para o Tricolor.

O time gaúcho teve nova chance aos 33 em jogada de Lourency. Ele tentou o passe para Léo Bahia, mas Odair conseguiu interceptar o passe que deixaria o atacante em plenas condições de ampliar mais uma vez o placar. Léo Bahia teve mais uma boa chance aos 44 minutos do segundo tempo. Recebeu passe dentro da área mas chutou para fora. A última grande chance do jogo foi do Sampaio. Odair recebeu dentro da área e finalizou de primeira, para fora.

Na próxima rodada, o Brasil de Pelotas visita o 13º colocado, Londrina, no Estádio do Café. O Sampaio Corrêa vai até Campinas para enfrentar a Ponte Preta, 10ª colocada.

VAVEL Logo

    Futebol Brasileiro Notícias

    há 6 horas
    há 8 horas
    há 10 horas
    há 10 horas
    há um dia
    há um dia
    há um dia
    há 2 dias
    há 11 horas
    há um dia
    há um dia