Mesmo com empate, Marcelo Oliveira aprova atuação do Fluminense contra o Vitória
FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE F.C.

Mesmo com empate, Marcelo Oliveira aprova atuação do Fluminense contra o Vitória

Essa foi a terceira partida do Tricolor seguida sem vitória

jessicaalbuquerque
Jéssica Albuquerque

O técnico do Fluminense, Marcelo Oliveira, concedeu entrevista coletiva após o empate sem gols com o Vitória, no Maracanã. Apesar da equipe ter saído de campo sob vaias, o treinador afirmou que a equipe criou bastante chances.

Se a gente tivesse feito um gol e tivemos chances, teria sido bom. Apertamos o adversário, jogamos pelos lados. Criamos, cruzamos, jogamos por dentro. Mas o gol é a essência do jogo. O gol teria modificado o panorama, pois o Vitória iria sair. Não fomos felizes e talvez competentes para marcar o gol” disse o treinador.

Após a lesão do atacante Pedro, coube a Kayke substituí-lo. Essa foi a terceira partida do atacante com a camisa do Fluminense e ele ainda não marcou gols. Marcelo Oliveira falou sobre o atacante.

Era a opção para atuar hoje. Ele está se adaptando. É o terceiro jogo dele. Vinha do vestiário e alguém me falou se o Pedro estivesse. Não adianta lamentar. Kayke treina com empenho e tenta entrar em forma”.

Essa foi a terceira partida do Fluminense sem vencer e sem marcar gols. Os gols atribuídos ao time nas partidas contra São Paulo e Cruzeiro foram gols marcados por jogadores da equipe adversária. Apesar disso, o treinador afirmou que confia nos demais atacantes do Tricolor.

O Pedro faz falta. Agora, como técnico, tenho que valorizar quem entra. Eu confio no Kayke, no Júnior Dutra e no Pablo. Kayke não pode atuar na Sul-Americana, então teremos de criar nova situação”.

Sobre o atacante Luciano, que voltou ao time após uma lesão, Marcelo Oliveira afirmou que ele apresentou um bom futebol e falou sobre a sua forma de atuar.

Usamos o Luciano para armar, tendo o chute. E os dois atacantes pelo lado para atacarmos. Atacamos mais pelo lado direito, com a boa atuação do Léo. Perdemos a oportunidade de pontuar em casa. Estou satisfeito com o rendimento, mas não com o resultado”.

Outro desfalque importante foi o meia Sornoza, que não atuou pois está com a Seleção Equatoriana. O treinador explicou porque não optou pelo também meia Daniel em seu lugar.

É por falta de convicção ainda. Eu adoro a categoria de base, colocar os jovens. Eu falei com ele. Ele pode crescer. Tem técnica, mas precisa ser mais dinâmico e mais agressivo ofensivamente” finalizou.

A próxima partida do Fluminense é contra o Botafogo, no domingo (09), às 16h, no Maracanã. O confronto é válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo