Valentim mira reação do Vasco após terceira derrota seguida: ''Não dá tempo de lamentar''
(Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Valentim mira reação do Vasco após terceira derrota seguida: ''Não dá tempo de lamentar''

Com virada, o Vasco perde fora de casa e fica em 16º no Campeonato Brasileiro

bruna-zordan
Bruna Zordan

Apesar do gol de Maxi López, o Vasco não conseguiu vencer o América-MG nesta quinta-feira (6) e soma 24 pontos na tabela de classificação do Brasileirão. Ganhar fora de casa era tudo que o cruzmaltino precisava para amenizar a crise e aumentar a confiança de Alberto Valentim. Entretanto, a realidade é outra: três jogos no comando e todos com derrotas - Atlético-PR, Santos, e agora, América-MG... E segue com o tabu de não vencer fora de casa.

Após o jogo, Valentim quer revisar os erros durante a partida. Diz que o que mais falta durante todo o esquema tático é a pressão em cima do adversário. “A ideia era marcar de intermediária, gosto de trabalhar assim. Começamos, mas baixamos a linha. A gente tem que começar a apertar mais forte. Ainda vamos fazer isso.”

Sobre o jogo, Alberto diz que o segundo tempo foi beneficente ao Vasco, mas ainda teve que lidar com a virada. “Melhoramos no segundo tempo, mas não foi o suficiente para empatar ou vencer o jogo.”

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

Valentim quer o apoio da torcida, ganhar a confiança. E para isso, não quer desanimar. 

“Faltam muitos jogos. O Vasco é muito grande. Não podemos colocar o peso de anos anteriores em que o Vasco caiu. Vamos nos abraçar de uma forma que vocês não têm ideia. Vamos para a guerra neste campeonato. Estamos tristes. Mas vamos recuperar. Nós vamos nos blindar de um Vasco de anos anteriores. Vamos trabalhar, vamos reagir. Precisamos criar mais. Os jogadores sabendo que daqui a pouco temos que reagir. É no domingo já.”     

O Vasco enfrenta o Vitóra no próximo domingo (9) às 19h, no Barradão. O time cruz-maltino terá mais uma chance de vencer fora de casa

“Sou não estou trabalhando quando estou dormindo. Eu tenho dormido pouco. Vamos nos conhecer rapidamente. Vamos fazer isso no jogo contra o Vitória. Trabalhar mais. Nós precisamos nos unir. O torcedor está insatisfeito. Temos que ter personalidade. Não estamos bem classificados. Temos que conversar, mostrar o que está errado. Não dá tempo de treinar muito. É absorver o mais rápido possível. Não dá tempo de lamentar.”

VAVEL Logo

    Club de Regatas Vasco da Gama Notícias

    há 7 dias
    há 18 dias
    há 20 dias
    há 21 dias
    há 22 dias
    há 25 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês