Vila Nova vence Coritiba em casa e se reaproxima do G-4 da Série B do Brasileirão

Alex Henrique e Elias fizeram os gols do Tigre. Thalisson Kelven diminuiu para os visitantes

Vila Nova vence Coritiba em casa e se reaproxima do G-4 da Série B do Brasileirão
Vila agora é o sexto colocado, com 40 pontos (Foto:Reprodução/ Vila Nova)
Vila Nova
2 1
Coritiba
Vila Nova: Mateus Pasinato; Moacir; Wesley Matos; Diego Giaretta; Gastón Filgueira; Wellington Reis (Geovane); Washington; Elias (Juninho); Mateus Anderson; Lucas Braga (Rafael Silva); Alex Henrique
Coritiba: Wilson; Vinícius Kiss; Thalisson Kelven; Rafael Lima; Abner; Wellington Simião (Thiago Lopes); Vitor Carvalho (Alecsandro); Jean Carlos; Bruno Moraes; Pablo; Guilherme (IagoDias)
Placar: 1-0, min. 17, Alex Henrique. 2-0, min. 29, Elias. 2-1, min. 44, Thalisson Kelven.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, disputada no estádio Serra Dourada, às 21h

Encerrando a 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Vila Nova venceu o Coritiba, por 2 a 1, na noite desse sábado (08), no Serra Dourada. Os gols do jogo foram marcados ainda no primeiro tempo, por Alex Henrique e Elias, para o Tigre, e Thalisson Kelven, que descontou para o Coxa Branca.

A partida começou agitada e com 15 minutos o árbitro marcou pênalti para os mandantes, após indicar que Abner tocou com a mão na bola. Os jogadores do Verdão reclamaram muito, alegando que lateral foi empurrado no lance. Na cobrança, Alex Henrique bateu com categoria e abriu o placar.

Pouco depois, Gastón Filgueira cobrou lateral, jogando a bola para a área e Mateus Anderson conseguiu cabecear. Wilson, que estava atento na jogada, deu um toque salvador e mandou para escanteio. Aos 29, Mateus Anderson cruzou na esquerda para Elias pegar de primeira e ampliar para o Vila. 

Já no final da primeira etapa, o Coxa foi pra cima tentando diminuir. Com 44, Jean Carlos cobrou falta e Mateus Pasinato espalmou. Aproveitando o rebote, Thalisson Kelven ficou livre de marcação e diminuiu para os visitantes.

O segundo tempo foi mais frio, com as equipes mais retrancadas e errando muito na criação. A primeira oportunidade surgiu apenas aos 19.  Iago Dias, em sua primeira tentativa no jogo, arriscou de longe, mas acabou errando a meta e mandando pra fora.

Dez minutos depois, Geovane lançou para Alex Henrique, que evitou a saída da bola e e cruzou novamente para o camisa 17 , livre na área, chutar com a esquerda e mandar sem perigo, desperdiçando uma grande chance.

Nos últimos instantes do confronto, o Tigrão por pouco não chegou ao terceiro. Aos 41, Juninho ficou de frente para Wilson e  tocou para Alex Henrique, sozinho, chutar sem goleiro e mandar a direita da meta. 

Com o resultado, o Colorado Goiano voltou a vencer, chegando a 40 pontos e subindo para  a sexta posição. Já o Coxa, permanece com 36 e continua na nona colocação da tabela.

Na próxima terça-feira (11), o Tigre volta a campo para enfrentar o CSA, fora de casa, no estádio Rei Pelé. Três dias depois, o Alviverde recebe em casa o Londrina, no Couto Pereira.