Após nova derrota, Renê Santos acredita em recuperação do Paraná: "Tem que ter esperança"

Tricolor perdeu em casa para o Santos, por 2 a 0, e se isolou na lanterna da competição

Após nova derrota, Renê Santos acredita em recuperação do Paraná: "Tem que ter esperança"
Paraná segue com um jejum de 14 jogos sem marcar (Geraldo Bubniak / Paraná Clube)

O Paraná sofreu mais uma derrota, dessa vez para o Santos, e se isolou ainda mais na lanterna do Campeonato Brasileiro. Mesmo com o Tricolor finalizando mais na partida (15 a 6), foi o Peixe que foi mais eficiente, conseguindo marcar duas vezes, com Gabigol.

O zagueiro Renê Santos afirmou, em entrevista após o fim do jogo, que nesse momento a equipe precisa se manter unida e mostrou esperança em uma recuperação do clube na tabela. 

"Não acho certo cobrar alguns jogadores. Se for para cobrar, tem que cobrar todo mundo. Não é só um, dois ou três jogadores. São todos juntos, nós somos um grupo. Enquanto tiver 1% de chance, tem que ter esperança", disse.

O técnico Claudinei Oliveira acabou sendo expulso de campo após se envolver em uma confusão com o lateral adversário Victor Ferraz. Na coletiva ele explicou o ocorrido.

"Gostaria de falar sobre o lance que acabou com minha expulsão. Na confusão, eu tentei puxar o jogador e não empurrá-lo como estão falando. Foi uma discussão infelizmente, que não deveria ter acontecido. Fico triste e peço desculpa pelo nervosismo”, comentou

O próximo desafio do Tricolor da Vila será fora de casa, contra o Grêmio, no próximo sábado (15), na Arena do Grêmio. O confronto será válido pela 25ª rodada do Brasileirão e terá início às 16h.