Vitória supera Vasco em casa e respira na tabela do Brasileiro
Foto e Divulgação: Maurícia da Matta / EC Vitória

Vitória supera Vasco em casa e respira na tabela do Brasileiro

Vitória do Leão por 1 a 0 com gol de Erick deixou o time na 12ª posição, com cinco a mais em relação ao Z-4; vascaínos continuam em 16º, agora empatados em pontos com o Sport e o Ceará

wesley-silva
Wesley Silvali
VitóriaRonaldo; Jeferson, Ramon, Lucas Ribeiro, Fabiano; Rodrigo Andrade, Leo Gomes, Marcelo Meli; Neilton (André Lima), Erik; Leo Ceará (Aderllan)
VascoMartin Silva; Lenon, Werley, Luiz Gustavo, Ramon; Desábato, Raul, Willian Maranhão, Wagner (Yago Pikachu); Andrés Rios e Maxi Lopez
Placar1-0, Erick, Min 27 do 2ºt.
ÁRBITROTrio paranaense, com Paulo Roberto Alves Junior no apito, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Luciano Roggenbaum.
INCIDENCIASJOGO VÁLIDO PELA 24ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO DA SERIE A, NO ESTÁDIO BARRADÃO, EM SALVADOR.

Vitória e Vasco se enfrentaram na noite deste domingo (9) em uma das partidas que finalizaram os jogos do dia válidos pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dentro do Barradão e vivendo um dos seus melhores momentos no campeonato, os baianos deram sequência na boa fase e venceram por 1 a 0, com gol do atacante Erick.

Pressionados e precisando muito do resultado positivo, o duelo teve vários pormenores que deixavam a situação das equipes bastante clara. Algumas vezes frenético, com os times buscando o gol. E em outras tenso, parado e faltoso. Como fator simbólico, Yago Pikachu e Lucas Ribeiro se desentederam e foram expulsos no segundo tempo.

No final, com a força da torcida e o gol de Erick, o Vitória somou os preciosos três pontos. Ficando agora na 12º colocação, com 29 pontos. Cinco na frente do primeiro da zona do rebaixamento. O Vasco continua estacionado. 24 pontos e 16º posição, livre parcialmente da degola apenas pelos critérios de desempate.

+ Confira ofertas do nosso parceiro FutFanatics!

Primeiro tempo começou animado mas terminou morno

A primeira parte da partida até parecia de dois times que de fato precisam de vitórias para se livrarem da luta contra o rebaixamento. Bem dispostos, tanto Vitória quanto o Vasco estiveram perto dos gols nos minutos iniciais. Aos 8, o zagueiro Luiz Gustavo quase decreta a lei do ex em uma cabeçada que passou muito perto e assustou a torcida rubro-negra. Aos 14, o Vitória respondeu com o volante Léo Gomes, que também de cabeça quase marcou. Martin Silva, praticamente á queima-roupa, salvou o gigante da colina.

Entretanto, após o início com boas chances para ambos os lados, o jogo deu lugar a um panorama diferente. De dois times que precisam muito de três pontos para dois times tensos e com medo de errar. Burocrático e de meio-campo, o primeiro tempo acabaria mesmo sem mais grandes lances ou jogadas para fazer o torcedor se levantar da cadeira.

Erick decide numa rara oportunidade e decreta vitória para os mandantes

O torcedor baiano fez barulho, jogou com o time e foi fundamental para a vitória final do Vitória. Mas há de se relatar que o Vasco parecia não sentir essa pressão. Mesmo visitante, os cariocaras sentiram-se á vontade em Salvador. Atacavam mais no segundo tempo. Obrigavam o goleiro Ronaldo a fazer boas defesas e ainda viram uma bola bater no travessão. Com Yago Pikachu, que minutos depois seria expulso. Isso não significava que o Vitória apenas olhava. Reativo,o time do técnico Paulo Cesar Carpegiani explorava os contra-ataques. Foi assim, por sinal, que Léo Ceará teve e desperdiçou uma chance incrível.

Durante o momento que mais parecia improvável do time de Salvador abrir o placar e aliviar sua torcida, a defesa cruz-maltina vacilou. Fatal. Em busca de mais uma chance e dessa vez sabendo que não poderia se dar ao luxo de perder, o Vitória encontrou "o" momento aos 27 minutos. O argentino Marcelo Meli viu o espaço vazio na defesa e mandou linda bola para Erick. Sem refutar, o atacante entrou livre em velocidade e bateu na saída de Martin Silva, que nada pôde fazer para evitar o gol. 1 a 0 e muita festa no Barradão.

Vencer três jogos seguidos dentro de casa se tornou ainda mais real quando o zagueiro Ramon e depois o goleiro Ronaldo salvaram o Leão em duas grandes oportunidades que o já desesperado Vasco conseguiu criar. Respectivamente, o zagueirão salvou em cima da linha um chute de Marrony e o goleiro fez grande defesa em nova cabeçada de Luiz Gustavo. Com sofrimento depois de cinco minutos de acréscimos, o juiz apitou o final do confronto e o Vitória enfim respirou fundo, comemorando o importante resultado.

VAVEL Logo

    Esporte Clube Vitória Notícias

    há 9 dias
    há 9 dias
    há 9 dias
    há 12 dias
    há 15 dias
    há 15 dias
    há 24 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês