Visando sair do Z-4, Eduardo Baptista começa a montar o Sport para jogo contra o Corinthians

Sem vitória há dois jogos e na zona do rebaixamento, técnico do Leão testou algumas mudanças no treino dessa quarta-feira; expectativa agora é pela confirmação do time

Visando sair do Z-4, Eduardo Baptista começa a montar o Sport para jogo contra o Corinthians
Divulgação de foto: Sport Club do Recife

O técnico Eduardo Baptista começou a montar o Sport que enfrentará o Corinthians no próximo domingo. Ainda que não definitivamente, Eduardo já deu indícios de parte do time que entrará em campo, como a permanência de Ernando na lateral direita e as entradas de Cláudio Winck e Jair. Este último que teve estreia elogiada contra o Cruzeiro, no último sábado.

Com essas mudanças, Rogério perdeu lugar no time titular. Também de fora da escalação montada, Marlone já era uma ausência certa. O meia tem vínculo com o Corinthians e assim como aconteceu no primeiro turno, não será relacionado para partida. As mudanças mostram maior preocupação de Eduardo Baptista em relação a marcação do time. Tanto na opção de um lateral-direito “improvisado” de ponta, caso de Winck, como a entrada de Jair, que fará uma trinca de volantes com Marcão Silva e Neto Moura.

Uma nova mudança que poderá acontecer será pelos lados do ataque. Durante a movimentação, Eduardo testou a entrada de Morato. Questionado pelo fraco desempenho tanto pela torcida quanto pela imprensa pernambucana, Andrigo poderá enfim deixar o time e dar lugar ao ex-São Paulo, que quando acionado também não conseguiu ser tão convincente.

Indo de acordo com o treino dessa quarta, o Sport que deverá entrar em campo será: Magrão; Ernando, Léo Ortiz, Durval, Sander; Marcão Silva, Jair, Neto Moura; Morato (Andrigo), Cláudio Winck; Hernane

Sem vencer há dois jogos, o Sport vai para o jogo diante do Corinthians querendo sair da zona do rebaixamento. Empatados em pontos com o Vasco (primeiro time fora do z-4), uma vitória ou até o empate (dependente de outros resultados) pode fazer o rubro-negro respirar momentaneamente livre da degola.