Ceni destaca pênalti perdido como determinante para derrota do Fortaleza para lanterna
Foto: Divulgação/Fortaleza EC

Ceni destaca pênalti perdido como determinante para derrota do Fortaleza para lanterna

Leão teve oportunidade de abrir o placar com Bruno Melo,  que desperdiçou cobrança aos 21 minutos do primeiro tempo; líder caiu para Sampaio Corrêa por 1 a 0, em São Luís

miguel-angelo
Miguel Inácio

O Fortaleza jogou mal mais uma vez e acabou sendo derrotado pelo Sampaio Corrêa, por 1 a 0, no Castelão, em São Luís. O Leão até teve a chance de abrir o placar antes dos maranhenses, mas Bruno Melo desperdiçou um pênalti. O resultado marcou o quarto jogo consecutivo sem vitórias dos cearenses. O técnico, Rogério Ceni, comentou sobre o desempenho do Tricolor de Aço na partida e as sucessivas mudanças promovidas para mudar a cara do jogo, que acabaram não surtindo efeito pelo psicológico abalado dos jogadores.

"Tivemos boa posse de bola, giramos bem a bola. O Dodô veio para a armação, jogou ao lado do Felipe. Um meia e um segundo volante. O Felipe sai bem. Colocamos Éderson, Romarinho e Wilson. Três atacantes praticamente, para jogar por trás do Gustavo, já de referêcia na área. Andiatamos bem os laterais. Agora, se fecharam muito bem a equipe do Sampaio. Também é um mérito isso. Tiveram duas oportunidades de gol, fizeram o gol, se fecharam, deram a bola para a gente, com chutes para a frente e nós não conseguimos furar essa barreira do Sampaio. Muito em função de você perder a confiança no jogo. Time bem no jogo, propondo o jogo como queria. Aparece a grande oportunidade para você sair na frente, você não sai. Só que aí você não pode baixar a cabeça. Você tem que tentar continuar no mesmo ritmo. Fazer de conta que nada aconteceu. Pênalti se perde. O que não pode se perder é a postura dentro de campo", disse.

Com a sequência negativa, os cearenses viram os adversários na briga pelo acesso encostarem na pontuação. Agora, para retomar as vitórias e conquistar o título, Ceni ressaltou a importância do torcedor tricolor.

“Nós temos dois jogos para tentar contar com o apoio do nosso torcedor. É nosso momento mais difícil na competição. São 11 jogos para acabar o campeonato e mesmo tendo um momento tão difícil na competição, nós ainda estamos líderes dessa competição. Então é o momento de o torcedor estar junto com a gente no [Arena] Castelão no próximo jogo e a gente não perder a confiança", ressaltou.

“Você cria as oportunidades para sair na frente, tem um pênalti, acaba perdendo o pênalti e o time acaba se abatendo, perdendo a confiança. Mas nós vamos chegar ao nosso objetivo. Com todas as dificuldades, nós vamos retomar essa confiança. Eu falei para eles agora que tem que ter brilho nos olhos para ser campeão. Sem brilho nos olhos, você pode ter todo o sistema tático, pode ter tudo definido. Temos que cada vez ter mais brilho no olho, mais alma, mais coração. E essa atmosfera só pode ser criada pelo nosso torcedor. Então nós vamos para o [Arena] Castelão, vamos esperar a presença do nosso torcedor, que esses jogadores darão a resposta que eles esperam”, finalizou.

Fortaleza tem confronto direto contra o Vila Nova, quarto colocado, na Arena Castelão, em Fortaleza, às 21h30 da próxima sexta-feira (21). A partida será válida pela 28ª rodada da Série B.

VAVEL Logo

    Fortaleza Esporte Clube Notícias

    há 3 dias
    há 4 dias
    há 8 dias
    há 11 dias
    há 12 dias
    há 13 dias
    há 12 dias
    há 15 dias
    há 15 dias
    há 16 dias
    há 23 dias