Em jogo travado, Cruzeiro e Atlético-MG empatam sem gols no Mineirão
(Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C)

Em jogo travado, Cruzeiro e Atlético-MG empatam sem gols no Mineirão

Raposa consegue segurar os titulares do Galo e terminam empatados no último encontro entre os rivais no ano

leo-moura
Leonardo Almeida
CruzeiroRafael; Ezequiel, Manoel, Murilo e Marcelo Hermes; Lucas Romero, Ariel Cabral, Bruno Silva, Mancuello (Rafael Sóbis), David (Thiago Neves); Raniel (Sassá). Técnico Mano Menezes
Atlético-MGVictor; Emerson, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; Adilson (Galdezani), Elias, Luan (Edinho), Cazares e Chará (Terans); Ricardo Oliveira. Técnico Thiago Larghi
ÁRBITRORafael Traci (CBF); Ass: Ivan Carlos Bohn (CBF) e Rafael Trombeta (CBF)
INCIDENCIAS25ª rodada do Campeonato Brasileiro no estádio Mineirão

Cruzeiro e Atlético-MG empataram sem gols no fim da tarde deste domingo (16), no Mineirão, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Travado do início ao fim, as duas equipes pouco foram eficientes nas finalizações.

+ Confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

O primeiro tempo começou com o Atlético tentando impor o seu jogo, porém, sem sucesso. Vale lembrar que o técnico Mano Menezes mandou uma equipe reserva a campo visando o confronto do meio da semana contra o Boca Juniors, pela Libertadores.

Até os cinco minutos iniciais, as duas equipes faziam um jogo bastante cadenciado no meio campo e com muita disposição pela posse de bola. Em vista disso, aos quinze minutos do primeiro tempo, Adilson e Lucas Romero já estavam amarelados.

Logo em seguida, o Galo teve a sua melhor chance no jogo com Luan, de cabeça, após cruzamento de Yimmi Chará, só que o goleiro Rafael foi bem no lançe e fez a defesa.

Com a linha defensiva da Raposa bem postada, o Atlético tinha dificuldades em trabalhar a bola e começou apostar mais nos contra-ataques. Contudo, as finalizações não saiam como esperado e o primeiro tempo terminou com seis finalizações para o Galo contra apenas três do time da casa.

Começando o segundo tempo, o Atlético estava com 65% da posse de bola contra 35% do Cruzeiro, aos quartorze minutos. Em meio a um jogo ainda bastante truncado, Mano Menezes promoveu a entrada de Thiago Neves no lugar de David, Rafael Sóbis no lugar de Mancuello ainda no primeiro tempo, lesionado e Sassá depois de três meses no lugar de Raniel. Já o técnico Thiago Larghi, deu chance a David Terans no lugar de Chará, Galdezani na vaga de Adilson amarelado e a volta de Edinho após dois meses parado.

Feito as alterações, o Cruzeiro mudou a postura no jogo e começou a agredir mais, já pelo lado do alvinegro as substituições não surtiram efeito. Prova de um jogo parcialmente travado do início ao fim, é o fato do centroavante Ricardo Oliveira não ter recebido nenhuma bola para finalizar durante todo o jogo.

Após o empate, o Cruzeiro continuou na 7ª colocação, com 34 pontos, oito a menos que o Galo, primeiro time do G6. O alvinegro, por sua vez, permaneceu na 6ª posição, com 42 pontos, oito a menos que o líder São Paulo.

O time azul celeste volta a campo agora na quarta-feira (19), às 21h45 (horário de Brasília), contra o Boca Juniors, na Bombonera pelo primeiro jogo das quartas de final da Copa Libertadores da América. O Atlético terá semana livre para trabalhar, já que só volta a campo no próximo final de semana contra o Flamengo, no Maracanã, pelo Brasileirão.

VAVEL Logo

    Cruzeiro Esporte Clube Notícias

    há 11 dias
    há 16 dias
    há 19 dias
    há 19 dias
    há 25 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês