Valentim lamenta empate contra Flamengo e quer acabar com jejum de vitórias do Vasco
(Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Valentim lamenta empate contra Flamengo e quer acabar com jejum de vitórias do Vasco

No Mané Garrincha, o Vasco empata contra o Flamengo por 1 a 1 e Valentim admite os erros e quer mudança para o próximo jogo

bruna-zordan
Bruna Zordan

Com empate nada agradável contra o Flamengo, o Vasco fica em 17° (décimo sétimo) na tabela do Brasileiro somando 25 (vinte e cinco pontos). A fase não é boa e o torcedor quer mudanças. O técnico Valentim comanda o quinto jogo pelo clube e não conseguiu nenhuma vitória até agora. O próprio mostrou indignação em relação ao clássico e quer foco total para o próximo jogo contra o Bahia nessa segunda (24), às 20h.

Em coletiva, Alberto Valentim diz ter gostado da atuação do time no primeiro tempo e lamentou a falta do gol que poderia virar o jogo.

"Em se tratando de classifcação, não é o resultado que queríamos. Gostei muito do primeiro tempo. Era nossa proposta de jogo, procurando jogar futebol no campo do adversário. Poderíamos ter feito o segundo gol. No segundo tempo não conseguimos repetir a atuação, mas vi uma evolução muito grande no coletivo."

Ainda assim, o técnico citou a indignação da torcida e apoiou a atitude, visando mudanças dentro do time.

"Foi uma semana de cobrança. Quero lembrar que foi o torcedor que veio conversar com a gente, que veio na porta do nosso hotel. Ele veio nos apoiar. A cobrança interna existe, imagina da maior riqueza do Vasco, que é o torcedor."

Valentim também comentou sobre o lateral esquerdo Fabrício, que fez uma grande apresentação dentro de campo.

"Fabrício vem treinando muito bem, muito forte. É o que mais está correndo nos treinos, em distância percorrida, em alta intensidade. Tem qualidade. Eu queria ele fazendo essa ligação no meio-campo. Quem treina bem, treina forte, vai jogar."

Sobre o acidente com o Bruno Silva após um choque com o jogador Luiz Gustavo, Valentim cita o problema com o esquema e deseja melhoras.

"Infelizmente não conseguimos ter mais tempo com um a mais. MInha ideia era ter mais um atacante. A ideia era que ficássemos mais ofensivos ainda. Tomara que não seja nada grave, apenas um susto com a pancada forte que ele tomou."

VAVEL Logo

    Club de Regatas Vasco da Gama Notícias

    há 2 dias
    há 12 dias
    há 15 dias
    há 16 dias
    há 17 dias
    há 20 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês