Após dez anos, Cruzeiro encara Boca Juniors pela quartas de final da Libertadores
Foto: Divulgação/Cruzeiro

Após dez anos, Cruzeiro encara Boca Juniors pela quartas de final da Libertadores

Em 2008, o time estrelado venceu todos os encontros contra os argentinos

IzabelleFranca
Izabelle França

Demorou uma década para o  confronto de oito títulos continentais acontecer. Nesta quarta-feira (19), às 21h45 (de Brasília), o Cruzeiro (dois troféus levantados) enfrenta o Boca Juniors (seis títulos conquistados), na Bombonera, pelas quartas de final da Copa Libertadores. Este será o 15º confronto entres as agremiações, no qual, o último encontro é favorável a equipe mineira: no dia  7 de maio de 2008, a Raposa venceu por 2 a 1 os argentinos.

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

O time celeste terminou em primeiro colocado no grupo 5. Conquistou a vaga em cima do Flamengo - pelo jogo de ia derrotou o Rubro-Negro por 2 a 0 e perdeu em casa por 1 a 0.

O Azul y Oro  ficaram em segundo lugar na tabela de classificação do grupo 8. Na semifinais, triunfou sobre o Libertad do Paraguai com duas vitórias: uma por 2 a 0 e a outra por 4 a 2.

Sem Arrascaeta, Mano Menezes mantém mistério na escalação

A Raposa não contará com o uruguaio Arrascaeta. O jogador sentiu dores na coxa esquerda do duelo de ida da Copa do Brasil. Desta forma, o provável substituto será o meia Rafinha. Contudo, o técnico Mano Menezes preferiu encerrar as preparações de portas fechada.

O Atacante Barcos destacou a força do adversário. Segundo ele, para sair com a vantagem na Argentina, o Cruzeiro precisará ser mais agressivo. 

“O Boca é um rival muito difícil, tem muita história, muita tradição, sabe jogar em casa. Mas estamos preparados para enfrentar isso. Temos que atacar e nos defendermos com a bola. Se a gente deixar o Boca ficar com a bola e jogar, a possibilidade de não levar gol é pequena. Temos que sair para o jogo, como temos feito como visitantes”, expressou.

Comandante do Boca Juniors coloca favoritismo para o lado do Cruzeiro

O ex-jogador cruzeirense, Ramón Ábila não entrará em campo. O centroavante sofreu uma lesão muscular na perna direita.  Após a vitória do Boca contra o Argentinos Juniors,  o treinador Guilhermo Schelotto revelou a dificuldade da partida e que espera a equipe celeste comande mais o duelo.

"Vamos ver como estará a equipe (do Cruzeiro). Imagino um Cruzeiro tentando manter a posse de bola. É uma equipe que tem jogadores de experiência, vai ser um rival complicado" , concluiu.

VAVEL Logo