Fluminense supera altitude de Quito e vence Deportivo Cuenca pela Sul-Americana
Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Fluminense supera altitude de Quito e vence Deportivo Cuenca pela Sul-Americana

Tricolor administra bem a partida, chega aos gols e conquista boa vantagem para o jogo de volta no Maracanã

gabriel-endson
Gabriel Endson
Deportivo CuencaB. Heras; Cuero, Bedoya, Sosa, Carabalí; Mosquera, Rodríguez (J. De la Cruz, min 55), Martínez (A. Araújo, min 89), Preciado; Rojas (E. Bonfigli, min 81), Pita
FluminenseJúlio César; Gum, Ibañez, Digão; Léo, Ayrton, Richard, Jadson, Sornoza (Marcos Jr, min 71); Everaldo (M. Alessandro, min 79), Luciano (Caio, min 85)
Placar0-1, min 23, Everaldo. 0-2, min 84, Luciano.
INCIDENCIASEstádio: Casa Blanca / Primeira partida válida pelas oitavas de finais da Copa Sul Americana 2018

O Tricolor das Laranjeiras entrou em campo nesta quinta-feira (20) contra a equipe do Deportivo Cuenca do Equador e conquistou uma bela vitória por 2-0. Mesmo com a altitude de quase 3km de Quito, o Fluminense controlou bem a partida e conseguiu chegar ao gol adversário nos momentos certos. A vitória tricolor faz com que o time volte ao Brasil com uma boa vantagem para o segundo jogo, no qual será disputado no próximo dia 04/10 no Maracanã. 

+ Confira as ofertas do nosso parceiro FutFanatics!

O Fluminense iniciou a partida com certa tranquilidade, trocando bem os passes no meio campo e fazendo uma marcação forte, evitando assim que adversário armasse algo para a defesa tricolor. Apesar de uma chance logo no início da partida, o Deportivo Cuenca pouco assustou a equipe tricolor no 1° tempo.

Tudo ficou ainda melhor aos 23 minutos de jogo, Luciano recebeu na intermediária e deu um lindo passe em profundidade para Everaldo marcar o primeiro do tricolor na partida. Ainda no 1° tempo, o Flu buscou ampliar a vantagem, Everaldo novamente, arriscou um lindo chute de fora da área que acabou acertando o travessão. Porém, o tricolor desceu para o vestiário em vantagem no marcador.

Logo no início, o Deportivo Cuenca até chegou a marcar um gol, porém, o assistente de forma equivocada anulou o gol da equipe equatoriana. O Flu não conseguia se acertar no jogo e estava sofrendo muita pressão com bolas alçadas na área, mas a defesa contou com a ajuda do goleiro Júlio César, que realizou ótimas defesas para evitar o empate equatoriano.

O tricolor voltou desligado e demorou para se acertar em campo, apenas aos 25 minutos a equipe começou a apresentar o mesmo futebol que havia apresentado na primeira etapa. Com o cansaço de alguns jogadores devido à altitude, o técnico Marcelo de Oliveira começou a mudar algumas peças e melhorou ainda mais o rendimento da equipe.

O Fluminense buscava um gol para matar a partida e aos 40 minutos de jogo, ele veio. Júlio César buscou Ayrton Lucas que ligou o turbo na lateral esquerda deixando três adversários para trás. O lateral entrou na grande área com muita facilidade e deixou Luciano de cara, sem goleiro para marcar o segundo gol tricolor e assim fechar de vez o jogo. 

Logo após o gol, Luciano foi substituído depois de sentir o tornozelo na comemoração.

Com a vitória, o tricolor adquire boa vantagem e sai na frente no confronto de 180 minutos. O Flu agora espera duas semanas para encarar novamente o Deportivo Cuenca no Maracanã com o apoio da torcida, visando a classificação para a próxima fase.

O Fluminense foca agora nos seus próximos compromissos pelo Campeonato Brasileiro e vai até Chapecó na segunda-feira (24) para enfrentar a Chapecoense às 20h pela 26° rodada da competição. 

A equipe vem de uma derrota fora de casa para o Internacional, e espera vencer a Chape na próxima rodada para se manter numa boa posição na tabela de classificação.

VAVEL Logo