Grêmio sofre, mas bate Ceará em jogo eletrizante e sobe na tabela do Brasileirão
Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Grêmio sofre, mas bate Ceará em jogo eletrizante e sobe na tabela do Brasileirão

Jogando em casa, o Tricolor enfrentou um valente e bem postado time alvinegro, porém, no final se prevaleceu pelo talento de Luan

wesley-silva
Wesley Silvali
GrêmioMarcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann, Cortez; Ramiro (Pepê), Cícero, Maicon (Kaio); Luan, Everton; Thonny Anderson (Thaciano)
CearáEverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio, Felipe Jonatan; Edinho (Robinho), Richardson, Calyson; Juninho Quixadá (Felipe Azevedo), Leandro Carvalho (Pedro Ken); Arthur
Placar0-1, min. 12, Luiz Otávio, 1-1, min. 20, Pedro Geromel, 1-2, min. 26, Arthur, 2-2, min. 43, Thonny Anderson; 3-2 min. 23 do 2t, Luan

Grêmio e Ceará se enfrentaram pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, o tricolor gaúcho saiu atrás do placar duas vezes, frente a um organizado time cearense. No entanto, com gols de Pedro Geromel, Thonny Anderson e Luan, os comandados de Renato Gaúcho conseguiram a virada por 3 a 2 e assumiram provisoriamente a 4ª colocação, com 47 pontos.

O Ceará, que marcou com Luiz Otávio e Arthur, até chegou a ficar fora do Z-4 durante a partida, mas acabou estacionado nos mesmos 27 pontos que iniciaram a rodada. Sendo assim, a expectativa de sair da zona do rebaixamento ficou adiada mais uma vez.

Agora ambos times terão folga de uma semana. O Grêmio terá o Fluminense no próximo domingo em jogo marcado para acontecer no Rio de Janeiro. O Ceará por sua vez receberá a Chapecoense, em um duelo direto na briga para sair dos últimos lugares da tabela.

+ Confira ofertas do nosso parceiro FutFanatics

Vozão corajoso e Tricolor equilibrado em um primeiro tempo eletrizante

Mostrando ousadia, o Ceará não quis saber da Arena do Grêmio com mais de 38 mil pessoas empurrando o time da casa para mais uma vitória. Destemido, o time de Lisca foi para cima e marcou o primeiro gol cedo.

Depois de ter chegado com perigo e perdido o gol com Leandro Carvalho, o alvinegro foi fatal com Luiz Otávio. O zagueiro aproveitou cruzamento de Juninho Quixadá e marcou de cabeça, abrindo o placar e calando a Arena.

Com a bola no pé, o Ceará conseguia segurar a força gremista. O mesmo não aconteceu numa bola parada. Aproveitando-se de todo seu poder de impulsão, Pedro Geromel empataria o jogo e destravava o até então conforto dos visitantes depois de escanteio batido de modo perfeito por Luan. 1 a 1 em 20 minutos de partida.

Valente, o Ceará não recuou com o gol. Pelo contrário, continuou reativo e atacando em velocidade. Foi assim que Juninho Quixadá chutaria forte para defesa difícil de Marcelo Grohe. No rebote do goleiro do Grêmio, o centroavante Arthur mostrou presença de área e não desperdiçou. Com Grohe caído, ele apenas escorou para o gol vazio.

A vitória no placar parcial seria ‘quebrada’ novamente pelo jogo aéreo. Outra vez em escanteio, a zaga do vozão cortaria na primeira, mas na segunda, a bola sobrou para Léo Moura, que, com a defesa cearense tentando sair, o lateral experiente cruzou na cabeça de Thony Anderson, que vinha em movimento contrário. Livre, o jovem atacante fuzilou com a testa. Everson não teve tempo parada e ficou estático, apenas vendo a bola entrar no lado esquerdo da rede de sua barra. 2 a 2 em um primeiro tempo totalmente elétrico.

No segundo tempo, menos gols e controle gremista

Se o primeiro tempo teve quatro gols, o segundo foi mais ‘tímido’. Diferente do que aconteceu na primeira etapa, o Ceará foi mais retraído. Atacou menos e se encolheu perante a um Grêmio que mordia forte para virar a partida e ficar pela primeira vez na frente do placar. Apesar da pressão em volume, poucas chances claras foram criadas pelos gaúchos. Mas a virada aconteceria através de uma falta.

Derrubado na entrada da área, Pepê daria sua contribuição depois de ter entrado no lugar de Ramiro. Na cobrança, como se tivesse batido a falta com a mão, Luan mostrou perfeição, tirando da barreira e evitando qualquer chance de Everson fazer a defesa. O goleirão até se esticou todo, mas quando caiu, a bola já tinha batido na rede. Golaço e 3 a 2 no marcador.

Grêmio pela primeira e definitiva vez na frente do marcador. A virada fez o Ceará entrar numa sinuca de bico. Tendo que sair de seu estilo reativo e propor jogo, o vozão até avançou suas linhas mas não conseguiu ter a bola tempo suficiente para pressionar e empatar. Pelo contrário, o Grêmio que pareceu mais próximo de fazer o quarto gol – mas viu este ser evitado por Everson. No fim, o árbitro apitaria o final e a massa imortal pôde vibrar, valorizando a dificílima vitória.

VAVEL Logo

    Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense Notícias

    há 14 dias
    há 16 dias
    há 23 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses