Por vaga na final da Copa do Brasil, Cruzeiro recebe Palmeiras com vantagem no placar
Lucas Silva, Rafinha e Moisés, disputando uma bola no jogo de ida (Foto: Fabio Menotti/Divulgação/Ag Palmeiras)

Por vaga na final da Copa do Brasil, Cruzeiro recebe Palmeiras com vantagem no placar

 A Raposa pode até empatar para ir à final; Palmeiras precisa de uma vitória por dois gols de diferença para se classificar

vv_cunha
Victor Cunha

Cruzeiro e Palmeiras se enfrentam na próxima quarta-feira (26), no Mineirão, pela volta da semifinal da Copa do Brasil de 2018, às 21h45. Com uma vitória por 1 a 0 no jogo de ida, com gol de Hernán Barcos, o Cruzeiro tem a vantagem de poder empatar em casa e mesmo assim passar para a grande final. Para o Palmeiras, uma vitória por 1 gol de diferença leva o jogo para os pênaltis, 2 gols ou mais passam o alviverde.

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

Os times vem em fases um pouco diferentes. O Cruzeiro tem duas vitórias, um empate e duas derrotas nos últimos 5 jogos. As vitórias do Cruzeiro foram por 2 a 1, contra o Santos e justamente a vitória contra o Palmeiras no jogo ida da Copa do Brasil. Uma das derrotas foi dolorosa, contra o Boca Juniors, pela Libertadores, por 2 a 0.

Já o Palmeiras vem em uma boa fase, com quatro vitórias e apenas uma derrotas nos últimos 5 jogos. Essa derrota é a para o Cruzeiro, no jogo de ida no Allianz Parque. Entre essas 4 vitórias, existem duas em especial. A vitória no clássico contra o Corinthians, por 1 a 0, no Allianz Parque, e a vitória por 2 a 0, fora de casa, contra o Colo-Colo, pela Libertadores.

Em seu 94º jogo, Cruzeiro e Palmeiras já decidiram duas Copas do Brasil, com um título para cada lado. No retrospecto geral, a Raposa leva uma vantagem, com 35 vitórias. O Palmeiras soma 31 triunfos, e ainda existem 27 empates. Já nos gols marcados, o Palestra de São Paulo leva a vantagem, com 137 gols, contra 133 marcados pela Celeste.

Para esse jogo, Wagner do Nascimento Magalhães irá apitar, sendo auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Kleber Lucio Gil, sendo todos do Rio de Janeiro e todos são árbitros FIFA.

Thiago Neves treina e pode ser novidade

O Cruzeiro vem sofrendo muito com a situação física de seus jogadores. Arrascaeta, que tem poucas chances de jogar contra o Palmeiras, fez seu último jogo justamente contra a equipe alviverde, pela ida da semifinal. O meia sofre com um trauma na coxa esquerda, após uma dividida com Mayke, e ainda não conseguiu retornar aos gramados. Já Thiago Neves sofre com dores na coxa direita, que sentiu contra o Boca Juniors, na Bombonera. Raniel e Murilo também devem voltar para essa partida. Eles sofreram, respectivamente, com um entorse no tornozelo direito e uma luxação no ombro.

Além de todos os problemas físicos, o Cruzeiro não poderá contar com o lateral direito Edílson, que foi expulso por reclamação, no jogo de ida.

Na última terça-feira (25), Lucas Silva concedeu entrevista coletiva e exaltou Mano Menezes e Luís Felipe Scolari. Para ele, o Cruzeiro deve 'matar logo o jogo', para não sofrer dentro de casa: "Mano e Felipão são estrategistas e nesse jogos isso será repetido. Vamos manter nosso padrão de jogo. Temos de nos impor dentro de casa. Criamos as melhores situações de gol nas decisões contra Santos e Flamengo, mas não concluímos bem. E para essa partida, devemos voltar a criar e matar o jogo".

Felipe Melo deve voltar a ser titular na equipe

O Palmeiras, após vencer o Sport pelo Campeonato Brasileiro, embarco direto para Minas Gerais e treinou um dia no Estádio Independência e um dia no CT do América Mineiro. Ambos os treinos foram fechados, mas existem grandes indícios da volta de Felipe Melo ao time titular do alviverde. O volante, que estava suspenso no primeiro jogo da Copa do Brasil, deve ser a novidade para a partida.

Uma baixa de última hora para esse jogo é o atacante Artur, que no trino de segunda-feira (24), sofreu uma fratura no braço, após levar uma bolada, e retornou para São Paulo, onde passará por uma cirurgia.

Em entrevista coletiva, Moisés disse que o Palmeiras tem chances de reverter a partida, por conta de todo um contexto do Cruzeiro e da partida: "O nosso trabalho que vem sendo muito bem feito. A gente tem um retrospecto muito positivo fora de casa, não só recentemente, mas no ano. Isso nos dá confiança. Há também a situação dos últimos confrontos do Cruzeiro, que conseguiu o resultado fora e em casa sofreu pra manter essa vantagem, então aliado a tudo isso a gente acredita muito no nosso potencial. Temos uma equipe muito qualificada, com jogadores experientes que são vitoriosos. A gente sabe da dificuldade que será o jogo, mas temos totais condições e reverter essa situação". 

VAVEL Logo

Cruzeiro Esporte Clube Notícias

há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 11 dias