Moisés minimiza desvantagem do Palmeiras contra o Cruzeiro: "Temos condições de reverter"
 Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Moisés minimiza desvantagem do Palmeiras contra o Cruzeiro: "Temos condições de reverter"

Meia se mostra confiante para jogo da volta, mas reconhece força do adversário e não deixa de pregar cautela 

naataliafurlan
Natália Furlan

Após desembarcar em Belo Horizonte na madrugada desta segunda-feira (24), o Palmeiras segue seu cronograma de preparação para o confronto diante do Cruzeiro na quarta-feira (26), às 21h45 no Mineirão. A última atividade antes da partida será totalmente fechada. Na primeira atividade após o desembarque do elenco alviverde, a imprensa ainda teve a chance de acompanhar os dez minutos iniciais do aquecimento na Arena Independência.

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

Para Moisés, um dos líderes do Verdão, enfrentar a Raposa no Mineirão não será uma tarefa fácil. O meia prega cautela, mas acredita no potencial da equipe mesmo com a desvantagem no placar, e também reconhece os pontos fortes do adversário.

Nós sabemos a forma que o Cruzeiro atua, e nós temos a nossa forma de jogar também. Não é porque estamos atrás no placar que precisamos sair igual loucos e oferecer aquilo que o Cruzeiro mais gosta, que é o contra-ataque. Já tivemos uma experiência no jogo de ida onde controlamos o jogo, e no contra-ataque conseguiram ser mais eficazes. Temos que fazer o nosso jogo, mas sem nenhuma loucura”, ressaltou o meia.

O camisa 10 alviverde também comentou a respeito do confronto visto de um ponto um pouco diferente, fora das quatro linhas. À beira do gramado, dois técnicos experientes, com passagens por grandes clubes e também pela Seleção Brasileira. Na visão do meia, será um confronto muito estudado.

Já se tem a dimensão da qualidade e da dificuldade que se tem em um jogo como esse. Além de duas equipes tradicionais, jogadores muito qualificados, planteis maravilhosos, há dois comandantes vitoriosos que conseguem colocar aquilo que pensam de futebol, fazer com que seus jogadores cumpram isso. Vai ser um jogo muito estudado, e esperamos que o Felipão seja o melhor nesse duelo”, afirmou.

Moisés também falou a respeito da mudança de postura do Palmeiras com a troca no comando técnico, fazendo um comparativo entre Roger Machado e Felipão. Para ele, o atual comandante trouxe estabilidade ao time.

Com o Roger a gente oscilava bastante. Conseguia bons jogos, mas tinham aqueles momentos de oscilação. Com o Felipão não, nós estamos tendo uma sequência muito positiva e dentro dos jogos está se mantendo um equilíbrio. A equipe não varia muito durante os jogos, isso é muito importante. É um cara muito vitorioso, tem as costas largas, consegue blindar o elenco em alguns momentos. Toda essa experiência e todo esse currículo vencedor somado ao trabalho que ele exerce dentro de campo nos ajudou bastante”, disse.

Para se recuperar da derrota por 1 a 0 no jogo de ida no Allianz Parque, o Palmeiras precisa vencer o Cruzeiro por no mínimo dois gols de diferença para se classificar para a final da Copa do Brasil. Uma vitória do Verdão por um gol de diferença fará com que a vaga seja decidida nos pênaltis. Na visão de Moisés, o segredo para garantir a classificação está em todo o contexto atual do confronto.

"O nosso trabalho que vem sendo muito bem feito. A gente tem um retrospecto muito positivo fora de casa, não só recentemente, mas no ano. Isso nos dá confiança. Há também a situação dos últimos confrontos do Cruzeiro, que conseguiu o resultado fora e em casa sofreu pra manter essa vantagem, então aliado a tudo isso a gente acredita muito no nosso potencial. Temos uma equipe muito qualificada, com jogadores experientes que são vitoriosos. A gente sabe da dificuldade que será o jogo, mas temos totais condições e reverter essa situação" finalizou. 

VAVEL Logo