Com arbitragem polêmica, Coritiba marca no último minuto e vence o Juventude
Foto: Divulgação/Coritiba FC

Com arbitragem polêmica, Coritiba marca no último minuto e vence o Juventude

Após vitória sobre o Juventude, Coritiba se aproxima do G-4

carlos-borges
Carlos Borges

Coritiba e Juventude se enfrentaram na noite desta sexta-feira (5) pela Série B. Em partida válida pela 30ª rodada, o coxa derrotou os gaúchos pelo placar de 2 a 1. A parida marcou uma arbitragem polêmica.

Mesmo com zero a zero no placar, o primeiro tempo foi muito movimentado por ambos os times. As duas equipes não produziram muito, foi uma etapa mais concentrado na marcação. Mesmo sem muitas chances de gol, houve oportunidades para os dois lados, mas a equipe que dominou a primeira etapa foram os donos da casa.

Com 23 minutos de jogo, o Coritiba teve um gol anulado, mas o coxa não desanimou e continuou pressionando. Aos 25, Alecsandro teve uma grande oportunidade de marcar após grande cruzamento de Abner, mas o atacante cabeceou para fora. E aos 31, Guilherme Parede teve a melhor chance de gol da na primeira etapa. Chiquinho deu um passe de maestro para o meia, no qual chutou cruzado e a bola passou raspando pelo gol adversário.

A melhor chance do Juventude no primeiro tempo foi um chute do lateral-esquerdo Pará, mas a bola saiu pelo lado esquerdo do goleiro Wilson.

No começo do segundo tempo, pouco mais de um minuto, Abner cruzou e Alecsandro disputou a bola com Rafael Bonfim, e o Coritiba abriu o placar. Mesmo a bola desviando no zagueiro do Juventude, a arbitragem confirmou o gol para o atacante do coxa.

Os donos da casa tiveram diversas chances para ampliar o placar, principalmente após a expulsão do meia Leandro Lima. O jogador do juve levou cartão vermelho direto após uma discussão com o árbitro. Mesmo com um a menos desde os 27 do segundo tempo, o Juventude chegou ao empate com uma cabeçada do atacante Elias, aos 44 do segundo tempo.

O empate era ruim para o Coritiba, que se distanciava mais do G-4; para o Juventude não era ruim, que respirava na competição e se afastava do Z-4. Mas no último minuto dos acréscimos, o árbitro marcou um pênalti polêmico para os donos da casa. O goleiro Wilson converteu a cobrança e virou o placar da partida.

Com a vitória, o Coritiba saltou para a 8ª colocação e se distanciou há cinco pontos do Avaí, 4º colocado. Com a derrota, o Juventude continua na 16ª posição, mas poderá encerrar a rodada na zona de rebaixamento, caso o CRB derrote a Ponte Preta no sábado (6).

O próximo compromisso do Coritiba pela Série B, será diante o Figueirense fora de casa, às 19h, no sábado (13). Já o Juventude, em casa, enfrentará o Goiás na sexta-feira, ás 19h15.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo