Com Thiago Neves decisivo, Cruzeiro bate Corinthians e sai na frente na Final da copa do Brasil
(Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro)

Com Thiago Neves decisivo, Cruzeiro bate Corinthians e sai na frente na Final da copa do Brasil

Em jogo superior por parte da equipe mineira, Thiago Neves marca no Mineirão e deixa o Cruzeiro mais perto de ser campeão da competição

hiquesilvestre
Henrique Vigliotti
CruzeiroFábio; Edílson, Dedé, Léo, Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho, Rafinha (Rafael Sóbis 89'), Thiago Neves (David 82'); Barcos (Raniel 76'). Técnico: Mano Menezes.
CorinthiansCássio; Fagner, Henrique, Léo Santos,Danilo Avelar; Ralf, Gabriel; Jadson (Sheik 81'), Mateus Vital (Araos 67'), Clayson (Pedrinho 61'), Romero. Técnico; Jair Ventura.
Placar1-0, MIN 46/1º, Thiago Neves
INCIDENCIASPartida válida pelo primeiro jogo da final da Copa do Brasil de 2018, no Mineirão (MG), às 21h45.

Em jogo válido pela primeira partida da decisão da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (10), o Cruzeiro ganhou do Corinthians com facilidade pelo placar de 1 a 0, no Mineirão. Thiago Neves marcou o único tento .

A partida foi definida nos minutos finais da primeira etapa, mas a equipe celeste jogou em cima do Timão durante o jogo inteiro, criando boas chances principalmente com o meia Thiago Neves, que fez uma excelente partida. A equipe alvinegra entrou com postura semelhante a utilizada no jogo contra o Flamengo no jogo de ida da semifinal, mas o raio não caiu duas vezes  no mesmo lugar.

Assim que a bola rolou, o time celeste ditou o ritmo da partida e pressionou a saída de bola da dos visitantes. A partida caminhava truncada e sem muitas chances, até que em belo chute do autor do gol, Thiago Neves, Cássio foi obrigado a fazer bela defesa, esta seria a primeira de algumas defesas do goleiro alvinegro na partida.

Mesmo pressionando, os mineiros não conseguiam achar muitos espaços na defesa do Corinthians, que estava fechada. Mas, aos 46 minutos, um antigo problema voltou a assombrar a defesa paulista: a tão temida bola aérea, que desde a época de Osmar Loss vem sendo o calcanhar de aquiles do time. Aproveitando de falha da zaga após o cruzamento de Egídio, o camisa 30 do Cruzeiro fez boa infiltração na área e completou, estufando as redes do goleiro Cássio.

Na volta do intervalo, a equipe corintiana começou a ter a posse de bola por mais tempo, terminando a partida com 53%. Mas esta porcentagem não se refletiu em campo. Mesmo com as entradas de Pedrinho, Araos que terminou sendo expulso, e do interminável Sheik, o time teve  apenas três finalizações na partida, sem acertar nenhuma delas na direção do gol, contra 11 do Cruzeiro.

A equipe comandada por Mano Menezes executou com perfeição a sua proposta de jogo, fazendo o gol que dava a vantagem na partida, e depois entregando a bola ao Corinthians, apostando no contra-ataque rápido de sua equipe e  administrando o resultado sem dar muitas chances a equipe de Jair Ventura.

O jogo de volta acontece na próxima quarta-feira (17), na Arena Corinthians, com o Cruzeiro jogando pelo empate para se sagrar campeão. Mas, antes da decisão, ambos os times tem compromissos pelo campeonato brasileiro. O Corinthians terá pela frente um clássico contra o Santos, no sábado. Já o Cruzeiro vai no domingo ao Rio de Janeiro enfrentar o Vasco.

VAVEL Logo