Perto de bater recorde de vitórias em casa, Atlético-PR recebe Sport pelo Brasileirão
Foto: Marco Oliveira/Atleticoparanaense.com

Perto de bater recorde de vitórias em casa, Atlético-PR recebe Sport pelo Brasileirão

Furacão pode chegar a nove vitórias seguidas jogando em casa pela Série A

miguel-angelo
Miguel Inácio
Atlético-PRSantos; Jonathan (Diego), Léo Pereira, Paulo André e Renan Lodi; Wellington, Lucho González, Raphael Veiga, Nikão e Marcinho (Rony); Marcelo Cirino. Técnico: Tiago Nunes
sport-club-do-recifeMagrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Adryelson e Evandro; Marcão, Fellipe Bastos, Marlone, Gabriel e Matheus; Michel Bastos. Técnico: Milton Mendes

O Atlético-PR recebe o Sport na Arena da Baixada, às 19h do domingo (14), pela 29ª rodada do Brasileirão. Com o foco ainda dividido, já que disputa as quartas de final da Copa Sul-Americana contra o Bahia, o Furacão tem pela frente o Rubro-negro pernambucano, que venceu o Internacional de virada na rodada passada, jogando no Recife.

A posição atleticana na tabela desta Série A é boa, mas a pontuação ainda não é totalmente segura. Com 36 pontos na 10ª colocação, o Rubro-negro paranaense só tem seis de vantagem sobre o 17º, Ceará. Já na briga pelo G-6, nove pontos separam o Furacão do Atlético-MG. O recorte atual, porém, mostra uma campanha segura do time de Tiago Nunes, fazendo valer, como sempre, seu mando de campo, onde já acumula 10 vitórias seguidas, somando os resultados da competição nacional com os da Sul-Americana.

O Sport, por outro lado, revela um cenário mais delicado. Com apenas 27 pontos, na 19ª colocação, o clube Leonino é cotado para o rebaixamento à Série B de 2019. Porém, a troca de comando de Eduardo Baptista por Milton Mendes mostrou algum resultado e, após sofrer uma goleada por 5 a 2 contra o Atlético-MG, o Rubro-negro pernambucano se recuperou para bater o Colorado, na Ilha do Retiro. A vitória deixou a diferença para a 16ª, Chapecoense, em quatro pontos, o que pode ser um novo ânimo para o Leão, que chegou a ficar 11 partidas sem vencer no Brasileirão.

 

Atlético-PR de olho no recorde

O confronto entre os Rubro-negros paranaense e pernambucano tem um histórico equilibrado na era dos pontos corridos. Dos 15 encontros, o Sport venceu seis, enquanto o Atlético-PR venceu cinco. Outros quatro foram empates. Uma curiosidade é que nas cinco últimas vezes em que os times se enfrentaram, o time da casa foi o vencedor. O Leão, três vezes, e o Furacão, duas.

O meia Raphael Veiga comentou sobre o recorde de vitórias seguidas em casa pelo Brasileirão que o time paranaense pode quebrar contra o Sport. O jogador mostrou confiança e dispensou pressão sobre o elenco.

“Não deixa a gente mais pressionado, porque a gente trabalha para isso e temos feito bons jogos. Pela nossa fase e desempenho na Arena, os times vêm aqui com uma consciência diferente. Eles sabem que precisam competir bastante para jogar contra a gente aqui”, declarou.

Para receber o Sport, o time de Tiago Nunes não contará com Pablo, suspenso. Marcinho deve entrar em seu lugar. Na lateral-direita, ainda não se sabe quem será o titular, entre Jonathan e Diego. Na zaga, Léo Pereira volta de suspensão e deve jogar ao lado de Paulo André. O time do Atlético-PR deve ir a campo com Santos; Jonathan (Diego), Léo Pereira, Paulo André e Renan Lodi; Wellington, Lucho González, Raphael Veiga, Nikão e Marcinho (Rony); Marcelo Cirino.

Sport quer aproveitar embalo após vitória de virada

Com esperanças na briga contra o rebaixamento, a missão de Milton Mendes agora é fazer o time pontuar em jogos consecutivos. O treinador pregou uma equipe precavida, com postura cautelosa, e chegou até a insinuar saber o ponto-fraco do adversário, mas não o revelou.

“Temos que estar precavidos, sabemos como eles jogam lá e temos que tentar não deixar o que eles têm de melhor acontecer, que é a velocidade na transição rápida, a bola cruzada área… É precaver isso e tentar usar o que eles têm de menos bom, que não vou dizer agora”, comentou.

Sander e Jair, suspensos, são desfalques. Rogério, lesionado, e Durval, que está com uma virose, também não serão relacionados. Na lateral-esquerda, para a vaga de Sander, Milton Mendes deve escalar Evandro. Na vaga do volante Jair, Fellipe Bastos volta ao titular do Rubro-negro pernambucano. Hernane e Morato, que estavam se recuperando de lesões, estão relacionados e devem aparecer no banco de reservas. O Leão deve ir a campo com Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Adryelson e Evandro; Marcão, Fellipe Bastos, Marlone, Gabriel e Matheus; Michel Bastos.

VAVEL Logo