Dorival comemora vitória sobre Fluminense e explica melhora do Fla: "Qualidade dos jogadores"
(Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

Dorival comemora vitória sobre Fluminense e explica melhora do Fla: "Qualidade dos jogadores"

Treinador comemorou mais uma vitória por 3 a 0 da equipe rubro-negra sob seu comando, destacou que pressão sempre existirá no Brasileirão e elogiou a atuação de Uribe, autor de dois gols

rafalisboa
Rafael Lisboa

A maré do Flamengo parece ter mudado, e para melhor. Nesse sábado (13), no Maracanã, o Rubro-Negro goleou o Fluminense por 3 a 0, pulou para a vice-liderança com 55 pontos e agora torce por tropeços dos adversários diretos para terminar a rodada colado no líder Palmeiras.

Após a partida, o técnico Dorival Júnior falou com a imprensa no auditório do estádio. Invicto nesse retorno ao clube da Gávea, o treinador destacou a grande qualidade do elenco rubro-negro, principal responsável pela melhora da equipe segundo o próprio, e o tempo disponível para trabalhar durante a semana:

"O tempo de trabalho tem sido fundamental, o tempo de recuperação. São dois jogos com muita qualidade. E reputo essa melhora a qualidade dos jogadores. Claro que existe a participação do treinador no sentido de exigência, cobrança, mas repito muito a qualidade do Flamengo. Estou tendo um tempo que o Mauricio talvez não tenha tido, e isso é fundamental. Senti falta disso também na equipe anterior. Temos tentado aproveitar intensificando o máximo o trabalho, os atletas têm tido confiança. A equipe tem jogado com simplicidade. E a importância da torcida que carrega a equipe nas costas e nos deixa mais forte nesses momentos de definição".

Autor de dois gols, Fernando Uribe acabou com a seca de gols dos camisas 9 rubro-negros que durava quase dois meses, e voltou a marcar - algo que não acontecia desde julho. Dorival destacou que a melhora do colombiano passa pela confiança adquirida em campo e que o centroavante tem recebido mais a bola dos companheiros:

"A tranquilidade para um atleta como o Uribe, que vinha sendo disputado por varias equipes e tem muito bom nível, e precisava de um tempo para adaptação. Tenho plena confiança e não tenho dúvidas que pode ser um grande atacante. E dentro dessa confiança trabalha de maneira muito natural. A bola chega, e isso é muito importante. As qualidades da equipe prevalecem".

Contratado após a saída de Maurício Barbieri, Dorival sabia da pressão pela conquista do Campeonato Brasileiro, para salvar a temporada do Rubro-Negro. Porém, o técnico explicou que essa cobrança é natural nas equipes que disputam o torneio mais importante do futebol nacional:

"É uma pressão natural, que todas as equipes passam no Brasileiro. Seja uma pressão para pontuação próxima aos líderes, ou para Libertadores, escapar da zona de rebaixamento".

Substituto de Diego, ainda se recuperando de uma lesão na coxa esquerda, o volante Willian Arão tem se destacado com o novo comandante, e hoje teve três boas oportunidades na primeira etapa. O camisa 5 foi elogiado pelo treinador mas a importância do meia também foi destacada:

"A função que o Arão vem cumprindo é importante para equipe. Dá sustentação defensiva e apoia o ataque. Tem tido uma regularidade muito boa, espero que mantenha isso. Titularidade é algo relativo. Os jogadores que buscam seu espaço e é algo natural. O treinador tem que aparecer o menos possível e dar oportunidades para todos. Assim, todos sentem que estão e estarão brigando por posição diretamente. O  Diego está em fase de transição, temos que ter calma. Estando em condição, será integrado (ao grupo) e importante para equipe naturalmente".

Na próxima domingo (21) às 19h, o Flamengo irá até Curitiba enfrentar o Paraná, lanterna do Campeonato Brasileiro e, caso os outros resultados ajudem, poderá terminar a rodada na liderança da competição

VAVEL Logo

Flamengo Notícias

há 3 dias
há 4 dias
há 7 dias
há 9 dias
há 16 dias
há 19 dias
há 19 dias
há 22 dias
há 22 dias
há 22 dias
há 22 dias