Após derrota do Grêmio para o Palmeiras, Renato admite: "Complicou um pouco mais"
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Após derrota do Grêmio para o Palmeiras, Renato admite: "Complicou um pouco mais"

Comandante Tricolor admitiu que completou a situação na competição nacional, mas não descarta continuar brigando pelo título

ritielimoura
Ritieli Moura

A vida do Grêmio ficou complicada no Brasileirão. A equipe perdeu pro líder Palmeiras por 2 a 0 e ficou ainda mais distante de alcançar o título.

Após a partida o técnico Renato Portaluppi falou da situação do time na competição. Ele avaliou ainda a partida e a defesa gremista.

“Complicou um pouco mais. Não que seja impossível, mas complicou um pouco mais. Dentro do que houve na partida nos 90 minutos, o Palmeiras foi melhor que o a Grêmio, teve as melhores oportunidades. O Palmeiras aproveitou as oportunidades. Acredito que hoje foi um jogo que o Palmeiras marcou e jogou. O Grêmio não conseguiu marcar nem jogar. Mas é aquilo que eu falo, tem que saber perder. O adversário foi melhor, conquistou a vitória merecidamente. Agora, a partir de terça-feira é treinar e procurar pontuar diante do América e depois pensar na Libertadores.”

O comandante gremista não contou com o lateral Bruno Cortez, escalando Marcelo Oliveira na esquerda. Ele justificou a escolha.

“Hoje eles tinham o Dudu que joga pelo lado, que é um grande jogador e o Marcelo em termos de marcação é melhor que o Juninho. O Juninho hoje estamos tentando lapidá-lo pra lateral, mas ele é do meio.”

Renato falou também sobre o esquema adotado no duelo. O técnico não descartou adotar outro esquema, com Luan adiantando.

“No sistema que a gente jogou hoje o Grêmio conquistou quatro títulos. Nós temos bons jogos sim na Libertadores com o Luan adiantado, mas pega o retrospecto do Grêmio e vai ver que os outros 70 jogos também se deu bem nesse esquema. Isso não significa que o Grêmio não possa jogar novamente nesse esquema.”

Apesar da declaração inicial sobre a situação na competição, o comandante diz que não jogou a toalha. Renato almeja garantir classificação para a Libertadores do próximo ano pelo G-4.

“Não é que a gente não sonhe com o Brasileiro, mas precisamos ser realistas. Ficou mais difícil e vai afunilando. O objetivo é sempre pensar em título, mas nunca esquecendo que a gente tem que chegar no mínimo entre os quatro primeiros, para já garantir classificação para a Libertadores do ano que vem.”

Questionado sobre o gols tomados nos últimos jogos, Renato destacou os bons números da defesa gremista. Ele falou ainda sobre o bom desempenho do ataque.

“Depende o lado que você vê as coisas. O Grêmio tomou no último jogos gols, mas continua com a defesa menos vazada junto com o Palmeiras. Tem que ver, em todos os jogos que o Grêmio já fez no Brasileirão e tomou 18 gols, tem que ver o Campeonato todo. Então o Grêmio tem ataque positivo e defesa menos vazada com o Palmeiras. Mas vou dizer o que, a gente treina pra não tomar. Em todos esses jogos que o Grêmio continua com a defesa menos vazada, jogou 8 jogos com uma equipe totalmente diferente. Hoje jogamos sem três jogadores ali atrás, não estou dando desculpas, mas mesmo assim continuamos com a defesa menos vazada.”

VAVEL Logo