Damião revela ter jogado no sacrifício contra o São Paulo: "Tomei injeção"
Damião concedeu entrevista após o treino desta quarta-feira, no CT Parque Gigante. Foto: Ricardo Duarte/Internacional.

A fase está boa. Leandro Damião chegou aos 105 gols com a camisa colorada, ultrapassando Escurinho. Já são quatro gols do centroavante nos últimos três jogos que ele disputou. Diante do São Paulo, Damião saiu do banco no primeiro tempo para construir a virada colorada no Beira-Rio. Ele marcou dois gols e deu início a retomada colorada pela briga do título. A vitória por 3 a 1 contra a equipe paulista deixou o time na segunda colocação, a três pontos do líder Palmeiras.

Nesta quarta-feira (17) Damião concedeu entrevista coletiva no CT Parque Gigante e revelou ter jogado no sacrifício: “Nesse jogo, tomei injeção, estava com dores, hora do sacríficio. São nove jogos, nove decisões. Sou um cara que tento me dedicar ao máximo. Venho em dois períodos toda a semana para fazer todos os treinamentos. Consegui, me senti bem, fiz as coisas sem dores que me atrapalharam muito nesse ano.”

O atacante estava se recuperando de uma lesão muscular na coxa direita, e para estar em condições de ajudar a equipe, tomou injeções horas antes do confronto. A volta acelerada do centroavante também esteve presente na semana de treinamentos pré-jogo. Ele treinou sem fazer qualquer tipo de trabalho de recondicionamento físico.

Damião é peça fundamental no time colorado, já que Jonatan Álvez não atendeu as expectativas até agora. E Guerrero, contratado pelo Inter em agosto, só tem previsão de volta aos gramados para 2019. O jogador vem se lesionando muito neste ano, e uma nova lesão pode comprometer a disputa de título do Internacional. O colorado briga com Palmeiras e Flamengo,  e o próximo desafio é contra o Santos na segunda-feira (22), no Estádio Beira-Rio.

VAVEL Logo