Dudu afasta status de ídolo do Palmeiras : “Deixo para torcida”
Marcella Azevedo/VAVEL Brasil 

Dudu afasta status de ídolo do Palmeiras : “Deixo para torcida”

O camisa 7 do Palmeiras diz que se acha um jogador importante, mas deixa a torcida decidir

leticia-denadai
Leticia Denadai

O atacante Dudu  concedeu na, Academia de Futebol, uma entrevista coletiva nesta quinta-feira (18).

Ele começou falando sobre como a equipe cresceu com a chegada do Felipão. 

“Não só comigo, com todo mundo o rendimento melhorou, não importa quem ele põe em campo. Meus números cresceram bastante com ele, a gente fica feliz. Dispensa comentários por tudo que ele já ganhou. Ninguém questiona as escolhas dele. Ele tem recuperado jogadores, que eram importantes e estavam um pouco abaixo. Ele subiu a autoestima do jogador. A gente sabe que faltam muitos jogos, tem muito Campeonato pela frente, mas estamos no caminho certo.”

Depois, ele falou sobre uma possível estratégia contra o Ceará, já que, na quarta-feira (24), o Palmeiras vai a Argentina jogar contra o Boca Juniors. “Está todo mundo bem, todo jogador quer jogar, quer estar no campo. A gente espera que o time que ele montar possa vencer o jogo, que vai ser muito difícil. A gente empatou com eles no primeiro turno, eles vão jogar fechado. A gente espera que quem for a campo ajude o Palmeiras na vitória.”

O camisa 7 ainda comentou sobre a seleção. “Eu sou muito tranquilo nessa questão. O sonho de todo jogador é ir para a seleção, é o topo. Chegar lá é muito difícil e se manter é mais difícil ainda. Se eu continuar fazendo um bom trabalho, se a equipe continuar bem, a gente sabe que pode aparecer oportunidade. Espero que quando aparecer, eu possa estar preparado para aproveitar.”

Em seguida, respondeu se ele se considera ídolo no Palmeiras. “Isso eu deixo para a torcida. Eu me considero um jogador importante para o clube, estou aqui desde 2015 e sempre venho fazendo grandes temporadas, meus números vêm sendo bons. Tenho que manter os pés no chão, saber que tenho muita coisa para conquistar ainda aqui no clube.”

Ele encerrou falando sobre se prefere continuar marcando gols ou se prefere continuar dando assistências, já que ele é o líder no quesito. “Pode combinar os dois né, o importante é o Palmeiras. Se eu estou ajudando com gol, é legal. Se eu estou ajudando dando assistência, é legal também. Sempre coloco o Palmeiras, o grupo, em primeiro lugar.”

O Palmeiras entra em campo novamente no domingo (21), contra o Ceará, em São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro Série A.

MEDIA: 4.8VOTES: 5
VAVEL Logo