Após empate,  Adilson Batista realça que América-MG deixou a vitória escapar 
(Foto: Mourão Panda / América)

Após empate,  Adilson Batista realça que América-MG deixou a vitória escapar 

Treinador do América-MG ainda falou que o time tem totais condições de recuperar esses pontos perdidos contra a Chapecoense, próximo adversário do Coelho

gabriel_oandrea
Gabriel Andrea

Depois de empatar em 1 a 1 contra o time reserva do Grêmio, o América-MG está a apenas 3 pontos da zona de rebaixamento e seus torcedores cobram uma melhora do time e explicações por parte de seu treinador.

Adílson Batista, em entrevista coletiva, concordou que a obrigação do resultado era toda de seu time.

“Eu concordo que a obrigação da vitória hoje caía sobre o América. Fizemos um bom primeiro tempo, controlando as ações, enquanto o Grêmio estava um pouco mais fechado. Mas tivemos oportunidades, sim. Além do controle do jogo” , revelou.

Foram dois tempos completamente distintos. No primeiro, o Coelho teve mais a bola e partiu mais para cima dos gaúchos. No segundo, o América não soube administrar bem a posse.

“No segundo tempo, até em função do penalty - não sei se emocionalmente ou não - sentimos um pouquinho, já que o Grêmio criou mais jogadas individuais e teve a entrada de jogadores, mas acabamos reagindo. Tentamos trabalhar depois com o Ruy, com o Matheus, mas perdemos o Juninho por lesão, o que dificultou nosso trabalho” , explicou. 

Adilson ainda comentou que mudou a estratégia da equipe Alviverde. No entanto, destacou que foi os erros ofensivos que custou a vitória.

“Temos uma nova proposta depois que você sofre o gol. Tentamos adiantar a marcação. Mas o que falhou, na verdade, foram nossos erros lá na frente. Era um tipo de jogo para tentar definir e chegar ao 2 a 0” , frisou. 

Sobre a dificuldade para engrenar nesse segundo turno, onde o América vem de 7 partidas sem vencer, o treinador americano disse que a reta final do torneio nacional é complicada, porém, acredita na recuperação.

“No segundo turno, os jogos são mais decisivos, mais truncados, que exigem o controle do jogo. É evidente que precisávamos vencer hoje para abrir vantagem. O campeonato é assim, é difícil. Vamos tentar reverter e recuperar esse 2 pontos que perdemos hoje contra a Chapecoense [...] Estou confiante de acordo com o que estou observando no dia a dia. Juntos somos fortes. Agora é um confronto contra um adversário que está passando um momento também difícil. Vamos para Chapecó tentar sair com a vitória” , concluiu. 

VAVEL Logo

América-MG Notícias

há 14 dias
há 13 dias
há 23 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses