Com gol aos 48 do segundo tempo, Fortaleza vence Paysandu e se aproxima do título da Serie B
Foto: Divulgação/Fortaleza EC

Com gol aos 48 do segundo tempo, Fortaleza vence Paysandu e se aproxima do título da Serie B

Centroavante Gustavo marcou de cabeça o gol da vitória do Leão já nos acréscimos diante de mais de 57 mil torcedores no Castelão

wesley-silva
Wesley Silvali

Com o Castelão lotado, com mais de 57 mil pessoas, o Fortaleza recebeu e venceu o Paysandu, por 1 a 0, com gol do centroavante Gustavo aos 48 minutos do segundo tempo. A vitória, válida pela 32ª rodada da Serie B deixou o tricolor do Pici com sete pontos de vantagem para o vice-líder e cada vez mais próximo do acesso e do título.

Agora os comandados de Rogério Ceni chegaram aos 60 pontos, restando apenas quatro para chegar aos 64, marca considerada “histórica” para equipes que conseguem a subida de divisão. O Paysandu, por sua vez, enxerga sua situação ficar ainda mais delicada. Estacionado nos 32 pontos, o papão segue na zona do rebaixamento, na 18ª posição.

O clima de empolgação e festa da torcida do Fortaleza nas arquibancadas foram sessados parcialmente na primeira parte da partida. Diferente de como costuma ser em seus jogos em casa, o Leão passou longe de ser o time arrasador que ataca a todo o momento e cria perigo frequente aos adversários.

Além disso, a postura do Paysandu também era elogiável. Tradicional e também necessitando por pontos, o Papão se impôs fora de casa e jogou de igual para igual. Tendo chances e volume de ataque parecidos aos mandantes. No fim, os times foram para o intervalo com um justo 0 a 0.

O segundo tempo iniciou mas pouca coisa foi alterada. A primeira grande chance, inclusive, foi do Paysandu, que passou muito perto de abrir o placar já nos primeiros minutos com Hugo Almeida. O susto e o passar do tempo deixava o clima do jogo tenso. O Fortaleza parecia pouco nervoso com o estádio completamente lotado e o Paysandu jogava em um nível de concentração de quem sabia que não pode mais errar no campeonato.

Na parte final o resultado foi moldado pelas fases do time. Enquanto para um dar tudo certo, para o outro é o oposto. Isso foi refletido claramente quando aos 45, Marcos Junior chutou e lamentou a bola ter batido na trave. O bicolor ainda lamentava o lance não ter resultado em gol quando dois minutos e meio depois Wilson acertaria cruzamento preciso na cabeça do até então apagado Gustavo, o Gustagol. Que como bem diz o apelido, fuzilou sem erro nas redes do goleiro Renan Rocha. Festa louca da torcida do Leão que ainda fazia tremer o gramado.

Apesar da empolgação, a torcida do Fortaleza ainda viu Claudinho perder gol incrível já aos 52 e dizimou qualquer chance do Paysandu voltar para Belém com algum ponto. Sozinho dentro da área, o atacante chutou outra vez na trave e logo depois viu o juiz apitar o término do confronto.

O Fortaleza, líder com 60 pontos, nove a frente do Vila Nova, quinto colocado, recebe a Ponte Preta​, na sexta-feira (26), às 20h30. No sábado (27), o Paysandu, 18º colocado, com 32 pontos, recebe o Coritiba, às 18h30.

VAVEL Logo