Felipão quer “esquecer” derrota para Boca Juniors e foca na decisão contra Flamengo pelo Brasileiro
Divulgação/ SE Palmeiras 

Felipão quer “esquecer” derrota para Boca Juniors e foca na decisão contra Flamengo pelo Brasileiro

Técnico já notou em quais aspectos equipe errou na partida de ida da Libertadores, mas quer foco no Brasileiro 

leticia-denadai
Leticia Denadai

Após derrota por 2 a 0 para o Boca Juniors, na Argentina, pela Copa Libertadores, o técnico Luiz Felipe Scolari concedeu entrevista coletiva.

O técnico começou analisou o desempenho de sua equipe  na partida: “Nos faltou posse de bola, o controle dela. Tivemos uma pressão muito grande, mas que não resultou em nada no primeiro tempo e no segundo a equipe do Boca foi mais objetiva, colocou um ponta de velocidade pelo lado, começou a pressionar de tal forma que acabamos tomando o gol. São duas equipes de boa qualidade, mas hoje o Boca foi melhor.”

Ele ainda negou um “apagão” da equipe alviverde, dando méritos ao adversário: “Nós temos que saber que, do outro lado, tem jogadores de qualidade. O Boca teve poucas chances de marcar o gol, mas depois que marcou, foi fantástico. Essa pressão que eles fizeram, nós vamos fazer aqui.”

Felipão falou ainda sobre a maratona de jogos, apontando um certo cansaço na equipe. “Estamos jogando nove jogos por mês, por três meses seguidos. Então vai ter um dia que vai ter uma dificuldade maior e esse dia foi hoje. Com a qualidade do Boca, não dá para lamentar.”

O professor disse que quer que a equipe “esqueça” o jogo de hoje para focar no Flamengo: “Nós temos um jogo que vale briga pelo Campeonato Brasileiro já no sábado; nós temos lesões, cartões e vamos ter que administrar de tal forma para jogar contra o Flamengo, depois pensar no Boca, para tentar ter uma reviravolta.”

O técnico terminou falando sobre o que a equipe aprendeu com a derrota: “A lição que nós tivemos foi que precisamos trabalhar mais a bola, precisamos ter uma situação de administrar o jogo, às vezes, com mais clareza e termos a situação de condição física igual a do Boca. Com superação e uma colocação diferente, como mudanças da estratégia de jogo, vamos ver se a gente consegue.”

O Palmeiras entra em campo novamente no sábado (27), contra o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro Série A, no estádio do Maracanã.

 

MEDIA: 5VOTES: 3
VAVEL Logo