Dorival não garante Diego Alves entre os relacionados e projeta duelo decisivo contra Palmeiras
(Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

Dorival não garante Diego Alves entre os relacionados e projeta duelo decisivo contra Palmeiras

Treinador do Flamengo colocou panos quentes na situação envolvendo o goleiro, mas não confirmou se será relacionado ou não; comandante rubro-negro pregou respeito ao atual líder do brasileiro

rafalisboa
Rafael Lisboa

Na antevéspera do grande duelo contra o Palmeiras, o técnico Dorival Júnior falou com a imprensa no Ninho do Urubu, destacou a importância desse jogo para o Flamengo, e pregou respeito a campanha do rival no segundo turno, que é a melhor da história até o momento:

"Representa toda nossa tensão, nossa precaução e nossa preocupação. Tudo se resume a esse momento e serão 90 minutos fundamentais para o Flamengo e para os nossos profissionais. A ansiedade do nosso torcedor tem que ser comedida e moderada. Vamos respeitar o momento vivido pelo Palmeiras no Brasileirão. Poucas equipes tiveram um turno tão regular quanto esse. Eles se recuperara, vieram lá de baixo e agora têm pontos de vantagem sobre o segundo colocado. Temos consciência do que representa essa partida e estamos nos preparando muito bem para fazer um jogo importante contra o líder da competição. O Flamengo tem por obrigação fazer o seu melhor para que nesse sábado a gente consiga buscar um grande resultado, contra a equipe líder da competição".

A polêmica da semana segue sendo a que envolve o goleiro Diego Alves. Após se recusar a viajar para Curitiba, ao ser informado que ficaria na reserva, o goleiro ainda não se desculpou com o grupo de jogadores, segundo o jornalista Mauro Cézar Pereira, e pode ficar de fora até do grupo que será relacionado para a partida desse sábado. O treinador porém, não confirmou oficialmente:

"Nós temos alguns dias para a partida e mais uma dia para a convocação. Estamos tratando o assunto com tranquilidade, internamente. Todos os profissionais serão sempre respeitados, e isso é um ponto muito importante. Tenho que respeitar a maneira como foi conduzido tudo isso até então. E aguardarmos. Não vamos precipitar uma tomada de posição. Foi um fato isolado. Estamos trabalhando de todas as formas possíveis para preservar o principal, que é a entidade. O Flamengo não pode ser prejudicado em tudo isso. É claro que existem arranhões em uma tomada de posição, porém essa ferida tem que ser a menor possível e cicatrizar rapidamente. Se tivéssemos algo mais sério, uma deslealdade muito grande, já teríamos reflexos no domingo (passado, contra o Paraná). É um fato, aconteceu e não podemos fugir. Temos que respeitar a todos. Está e estará sendo tratado internamente, com todos os cuidados possíveis. E cuidando do principal, que é o Flamengo, que não pode sofrer nenhuma consequência de toda e qualquer situação", explicou.

A força da torcida rubro-negra, responsável pela maior média de público do campeonato - e do ano - também foi valorizada pelo treinador. Para Dorival, a presença dos torcedores é um dos pilares para o sucesso da equipe nessa reta final de campeonato:

"Eu espero que a expectativa se mantenha e que a gente tenha um grande espetáculo. Teremos 60 mil flamenguistas dentro do Maracanã nos apoiando, estando ao nosso lado e nos incentivando até o último momento. Nos sabemos a importância da nossa torcida. Iremos enfrentar uma equipe que vem numa crescente impressionante na competição e merece o nosso respeito".

Nesse sábado (27) às 19h, no Maracanã, Flamengo e Palmeiras - vice-líder e líder, respectivamente - se enfrentarão pela 31ª rodada do Brasileirão. Para esse duelo, todos os ingressos foram vendidos, e a previsão é de mais de 60 mil torcedores, colocando um dos maiores públicos do futebol brasileiro na temporada.

VAVEL Logo