Claudinei Oliveira celebra volta de Wellington Paulista: "Temos que ver o que é melhor para a Chape"
Técnico ficou feliz com resultado positivo de WP (Foto: Sirli Freitas / Chapecoense)

A Chapecoense faturou três pontos diante do América-MG por 1 a 0, no sábado (27), na Arena Condá, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A. Diante de um saldo positivo na história de confrontos entre os times, o time catarinense, que briga para não ser rebaixado, subiu para 34 pontos, mas não saiu da zona de rebaixamento. O técnico Claudinei Oliveira viu um primeiro tempo difícil, mas garantiu que o time rival não deu trabalho para a equipe.

"Sabíamos da responsabilidade. Tinha que ganhar de qualquer jeito. Primeiro tempo tivemos dificuldade no costado do Eduardo. Conseguimos ajustar depois. Recuar não foi pedido, mas é natural a preocupação pelo resultado. Não lembro de o Jandrei ter feito uma defesa difícil sequer. Com exceção do gol anulado, América não teve chance clara" afirmou.

O treinador também falou sobre a volta de Wellington Paulista ao time, autor do gol da partida. 

"Tirei o Osman para entrada do Wellington porque sabia que Wellington ia ser aplaudido e não corria risco de o Osman sair vaiado. Ganhamos um jogador, não podemos desistir de ninguém. Temos que ver o que é melhor para a Chapecoense. A direção entendeu que o Wellington tinha que voltar. Mérito de todos, inclusive dos atletas que nunca desistiram dele" explicou o comandante.

O atacante também falou sobre o apoio que recebeu tanto de amigos quanto de torcedores. 

“O mais importante de tudo isso é saber que meus amigos me apoiaram bastante. Eu não tenho outra coisa a fazer senão agradecer. Aos torcedores, a imprensa, a diretoria… Eu estava muito ansioso, muito nervoso. Voltei à época em que eu era mais novo. Foi especial, nunca passei por isso na minha carreira… um pedido tão grande dos torcedores, o estádio todo gritando, e já no primeiro minuto em campo conseguir fazer um gol. Não tem muito o que dizer. Estou muito feliz e agora é continuar o trabalho para tirar a Chape dessa situação” 

Claudinei falou sobre tirar o peso das costas após dois jogos sem vencer, onde a última vitória recente foi contra o Atlético-MG. 

"A Chapecoense está acima de tudo. Incomoda ser rotulado de 19 jogos sem vencer. Incomoda a família. Estou feliz. Em relação ao torcedor, temos que parabenizar e agradecer. Os torcedores jogaram o tempo todo" ressaltou o técnico.  

O próximo confronto da Chape será contra o Bahia, jogando fora de casa, na Arena Fonte Nova, no domingo (04), às 19h, pela 32ª rodada da Série A.

VAVEL Logo