Sport e Fluminense entram em acordo e fatiarão valor da venda de Diego Souza
Divulgação de foto: Sport Club do Recife

Sport e Fluminense entram em acordo e fatiarão valor da venda de Diego Souza

Caso estava estagnado na justiça e clubes resolveram "desbloquear" entrando em um acordo de carvalheiros 

wesley-silva
Wesley Silvali

O caso da novela envolvendo Sport, Fluminense e São Paulo na venda do atacante Diego Souza do clube de Recife para o paulista teve um ponto final.  Com o valor da transferência bloqueado na justiça, Sport e Fluminense entraram em um acordo de cavalheiros e dividirão o dinheiro da negociação que aconteceu ainda em janeiro.

Vendido por 10 milhões, o Sport se baseava em um e-mail da diretoria do Fluminense na época que o jogador saiu do Rio para voltar ao Leão. No e-mail, era estipulado que em caso de venda futura do jogador, o tricolor das laranjeiras só receberia 10% da quantia. Anos depois, ao ver o seu ex-jogador negociado, o Fluminense exigiu valor condizente aos 50% do passe que tinha direito antes de liberar o atleta. Isso fez com que o restante do pagamento que o São Paulo fizesse fosse bloqueado até ter uma definição judicial.

Com ambos os clubes enfrentando problemas financeiros e devendo salários de forma recorrentes aos elencos, a aceleração por um meio menos burocrático acabou sendo a melhor saída. De acordo com Gustavo Dubeux, diretor do Sport, que falou com exclusividade a Rádio Jornal, o dinheiro será satisfatório tanto para o Sport, quanto para o Fluminense. O cartola no entanto não divulgou os números que cada parte ficará.

VAVEL Logo

Futebol Brasileiro Notícias