Vasco recebe embalado Atlético-PR buscando se afastar da zona do rebaixamento
Foto: Divulgação/Site Oficial Atlético-PR

Vasco recebe embalado Atlético-PR buscando se afastar da zona do rebaixamento

As duas equipes estão em momentos bem diferentes na competição

matheus-gabriel
Matheus Gabriel
VascoFernando Miguel; Luiz Gustavo, Leandro Castán, Henriquez e Ramon; Willian Maranhão, Andrey, Thiago Galhardo, Raul (Fabrício ou Rildo) e Marrony; Andrés Rios.
Atlético-PRSantos; Jonathan (Diego Ferreira), Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães (Lucho González) e Raphael Veiga; Nikão, Pablo e Marcelo Cirino
INCIDENCIASJogo válido pela 34ª rodada da Série A, quarta feira (14), às 19h30, em São Januário.


O Vasco recebe o Atlético-PR na noite desta quarta feira (14), às 19h30, em São Januário, em jogo válido pela 34ª rodada da Série A. Enquanto o clube carioca está na 15ª colocação com 38 pontos e luta contra o rebaixamento, o Furacão está em 7º, com 46 pontos, e precisa tirar uma diferença de apenas 1 ponto para entrar no G6.

O técnico Alberto Valentim não poderá contar com o artilheiro Maxi López para o jogo desta quarta feira, já que o atacante está com um corte no pé direito. Quem ganha a chance é Andrés Rios, que terá a difícil tarefa de guiar o ataque cruz-maltino em um dos jogos mais importantes da temporada. O Departamento Médico do Vasco submeteu o camisa 11 a um tratamento intensivo, na tentativa de recuperar o atacante a tempo, mas sem sucesso. Maxi levou sete pontos no pé e é dúvida até para o jogo contra o Corinthians, no próximo sábado (17). Mesmo sem a estrela do time, 20 mil pessoas são esperadas em São Januário para assistir um time que tem um bom retrospecto em casa. São 10 jogos do Vasco sem perder diante de sua torcida.

Outra dor de cabeça para o técnico cruz-maltino é a posição de goleiro. Martin Silva deve desfalcar a equipe em pelo menos duas partidas, já que está com a Seleção do Uruguai para os amistosos contra Brasil, no dia 16 de novembro, e França, no dia 20. Fernando Miguel deve ser o escolhido para a vaga, e fará seu décimo jogo com a camisa do Vasco. O meia Thiago Galhardo comentou sobre o apoio que o goleiro tem do elenco.

''Sempre que o Fernando Miguel foi solicitado entrou muito bem, estamos tranquilos, tem nosso respaldo. A confiança será a mesma. O problema é que o Valentim não tem conseguido repetir a zaga, sempre tem algum problema. Mas não tomar gol já ajuda, tendo em vista que o Vasco tem feito gols em todos os jogos", disse.

O Atlético-PR divide atenções entre o Brasileirão e a Sul-Americana. A chance de título na competição continental é grande, já que a primeira partida da semifinal contra o Fluminense foi vencida por 2 a 0. Mas o técnico rubro-negro também acredita em uma vaga na tão sonhada Libertadores via Brasileirão.

“A gente tem tratado cada jogo com sua importância. Temos condições matemáticas e podemos conseguir a vaga na Libertadores. Vamos pensar jogo a jogo. Todos os jogadores têm condições de brigar por um lugar na equipe titular. Na Sul-Americana só vamos voltar a pensar na semana do jogo e quem estiver melhor nesse momento vai entrar para jogar”, disse Tiago Nunes.

Mas para conquistar uma vaga no G-6, o Furacão vai precisar quebrar dois tabus: ainda não venceu fora de casa nesta edição do Brasileirão  e também nunca venceu o Vasco em São Januário. Nem mesmo o time vitorioso de 2001 conseguiu bater o clube carioca em sua casa. Naquele ano, o Atlético-PR saiu de São Januário com uma goleada na bagagem: 4 a 0. Mesmo com o retrospecto ruim, o técnico Tiago Nunes acredita em uma vitória.

"A equipe vem jogando bem fora de casa. É ter um pouquinho mais de tranquilidade nos momentos de pressão para poder sair com a vitória", comentou.
 

VAVEL Logo

Club de Regatas Vasco da Gama Notícias

há 11 dias
há 15 dias
há 17 dias
há 20 dias
há 20 dias
há 20 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês