Marcelo Djian, diretor do Cruzeiro, analisa nomes de Bruno Henrique e Dodô para 2019
(Foto: Ivan Storti/Santos)

Marcelo Djian, diretor do Cruzeiro, analisa nomes de Bruno Henrique e Dodô para 2019

Em busca da Libertadores e com dinheiro em caixa, time azul celeste pensa nos investimentos para 2019

leo-moura
Leonardo Almeida

Com muito dinheiro em caixa, o Cruzeiro não para de pensar no plantel para 2019. Nomes como Bruno Henrique e Gabigol ainda estão no radar da Raposa, porém, nenhuma proposta oficial foi encaminhada.

Além da dupla santista, outro nome que agrada a cúpula cruzeirense é o lateral Dodô, também do Santos - informação revelada pela Rádio Itatiaia. Marcelo Djian, diretor de futebol do Cruzeiro, confirma o interesse do clube nesses nomes.

"São jogadores que eu vi e que estão sendo cogitados, são jogadores que realmente têm qualidade. Mas para conseguirmos, temos que falar com o Santos, porque os dois têm contrato. Ainda são nomes que ainda a gente está conversando para ver se a gente realmente vai fazer proposta, mas ainda não tem nada", disse.

O contrato de Bruno Henrique com Santos vai até dezembro de 2020. Já Dodô, está com vínculo encerrando no final deste ano, porém, o Santos tem prioridade de compra do jogador. Caso queira, o time paulista terá que desembolsar 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 7,2 milhões) para ter o jogador em definitivo junto à Internazionale.

José Carlos Peres, presidente do Santos, afirmou que tem o desejo de contar com o futebol do lateral, mas que os vencimentos do atleta tem dificultado a negociação.

O atacante Gabigol também tem contrato de empréstimo encerrando agora no fim do ano. O jogador já disse que acha improvável a sua permanência no time santista. Outro fator que pesa, é a vontade do atleta de voltar ao futebol europeu.

VAVEL Logo