Neymar marca de pênalti e Brasil vence clássico contra Uruguai
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Neymar marca de pênalti e Brasil vence clássico contra Uruguai

Em partida com poucas emoções, Seleção manteve 100% pós Copa com vitória por 1 a 0 no Emirates Stadium, em Londres

gustavomilioli
Gustavo Milioli

Para o quinto amistoso pós-Copa do Mundo, o Brasil enfrentou o Uruguai em Londres e conquistou sua quinta vitória consecutiva. Neymar, cobrando pênalti, fez o único gol do jogo. Foi o seu 60º vestindo a camisa verde e amarela, aproximando-se de Zico (com 66), para chegar ao top 3 de maiores artilheiros da Seleção Brasileira.

A partida também marcou a estreia de Allan. O volante do Napoli saiu do banco para contribuir com a construção do resultado, fazendo parte da renovação do técnico Tite.

Primeiro tempo truncado

O Brasil tomou a iniciativa, marcando em pressão alta no campo de defesa adversário. A primeira oportunidade surgiu aos seis minutos, Neymar fez jogada individual e foi parado com falta. Na cobrança, exigiu boa intervenção de Campaña, que mandou para escanteio.

Quatro minutos depois, o camisa 10 brasileiro chegou a balançar as redes, aproveitando cruzamento de Filipe Luís. Mas, em posição irregular, o bandeira assinalou impedimento.

Explorando os contra-ataques, o Uruguai tentava se aproveitar dos erros do Brasil. Aos 22, deu seu primeiro susto. Danilo saiu jogando errado, entregou nos pés de Suárez, que da entrada da área chutou com força. Alisson, bem colocado, se esticou para desviar pela linha de fundo.

Na segunda metade da primeira etapa, o jogo ficou mais truncado e faltoso, com as equipes deixando a cordialidade amistosa de lado. O resultado se deu no elevado número de cartões, três para o Uruguai e dois para o Brasil.

A melhor chance do primeiro tempo foi da Celeste e aconteceu apenas aos 45 minutos. Suárez recebeu do lado esquerdo e de primeira cruzou para Cavani, nas costas da defesa, chegar batendo. No reflexo, Alisson fez bela defesa.

Neymar aproveita oportunidade para marcar o gol em vitória suada

Logo aos três minutos da segunda etapa, Alisson novamente foi obrigado a trabalhar. Miranda fez falta em Pereiro a um passo da grande área, e na cobrança, Suárez acertou o cantinho, com grande intervenção do arqueiro do Brasil.

Com um retorno de intervalo apagado, Tite promoveu a estreia de Allan pela amarelinha aos 12 minutos, entrando no lugar de Renato Augusto. A mudança surtiu efeito e a Seleção Canarinho voltou a pressionar os uruguaios.  Aos 19, Neymar recebeu de Walace e em velocidade invadiu a área para finalizar cruzado. Campaña, em dois tempos, conseguiu realizar a defesa.

Com o domínio das ações, o Brasil chegou ao gol da vitória aos 30 da etapa complementar. Danilo avançou pela área e foi tocado por Laxalt. Depois de uma breve indecisão, o árbitro marcou a penalidade, causando revolta nos castelhanos. Neymar, que não tinha nada a ver com isso, deslocou o goleiro para fazer 1 a 0. 

A Seleção Brasileira volta a campo na próxima terça-feira (20), para enfrentar Camarões, encerrando os amistosos da temporada. A partida terá início às 17h30 (horário de Brasília), e será realizada no MK Stadium, em Milton Keynes, também na Inglaterra.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 X 0 URUGUAI

Local: Emirates Stadium, em Londres (Inglaterra)
Data: 16 de novembro de 2018, sexta-feira
Hora: 18h (de Brasília)
Árbitro: Craig Pawson (ING)
Assistentes: Steve Child e Ian Hussin (ING)

Cartões amarelos: Walace e Douglas Costa (Brasil); Mathías Suárez, Torreira, Cáceres, Suárez, Cavani e Vecino (Uruguai)
GOL: Neymar, aos 30 minutos do 2ºT (Brasil)

BRASIL: Alisson; Danilo, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Walace, Arthur e Renato Augusto (Allan); Douglas Costa (Richarlison), Firmino e Neymar
Técnico: Tite

URUGUAI: Martín Campaña; Matías Suárez (Lemos), Cáceres, Méndez e Laxalt; Lucas Torreira, Vecino (Valverde), Gastón Pereiro (Jonathan Rodríguez) e Bentancur; Cavani e Luis Suárez
Técnico: Óscar Tabárez .

VAVEL Logo

Seleção Brasileira Notícias

há 20 dias
há 23 dias
há 24 dias
há 24 dias
há um mês
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses