Embalado e praticamente fora de perigo, Brenner sonha com Botafogo na pré-Libertadores
Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo

Embalado e praticamente fora de perigo, Brenner sonha com Botafogo na pré-Libertadores

Após Alvinegro emplacar três vitórias seguidas pela primeira vez na temporada e afastar risco de queda, atacante cita alívio no elenco e projeta partida contra o Internacional

caiocarvalho97
Caio Carvalho

Embalado e motivado como nunca. Assim o Botafogo enfrentará o Internacional neste domingo (18), às 17h (de Brasília), no Nilton Santos, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com as últimas vitórias contra Corinthians, Flamengo e Chapecoense, o alvinegro carioca emplacou pela primeira vez no ano uma sequência de três vitórias. Além disso, acabou com o risco de rebaixamento, de acordo com o matemático Tristão Garcia

Em coletiva de imprensa, Brenner comentou esse novo momento vivido pelo Glorioso na competição. De quebra, mostrou pensar mais além. Para ele, a classificação para a pré-Libertadores deve ser almejada e desejada pelos jogadores. Vale lembrar que faltam quatro rodadas e a equipe está seis pontos atrás do Atlético-MG, primeiro time dentro do G-6.

"É difícil, mas a gente pode sonhar com o que quiser. Estamos com os pés no chão e sabemos dos objetivos que temos que alcançar. Agora é pensar na conquista dos três pontos". 

Perguntado sobre o clima dentro do clube, o atacante citou uma maior tranquilidade para trabalhar, mas afirmou a importância de entrar em campo sempre ligado e com a 'guarda alta'. 

"É muito bom, uma sensação de leveza. Conquistamos essas três vitórias muito importantes. Atingimos 44 pontos, mas não estamos livres. A gente tem que estar com a guarda alta sempre e já pensar no jogo contra o Inter. É bom ter tranquilidade para trabalhar. Até o Carli disse para mim como era bom ganhar, e isso é muito importante. Pensar agora somente no Internacional". 

Ex-jogador do colorado, Brenner reencontrará seu ex-clube nesse final de semana e poderá colocar em prática a 'lei do ex'. O centroavante falou sobre a possibilidade de marcar contra os gaúchos e abordou a questão da disputa pelo título do Brasileirão. O Internacional é atualmente o segundo colocado e precisa tirar uma vantagem de cinco pontos do Palmeiras.

"Hoje esta tendo muita 'lei do ex' (risos), mas acredito muito no trabalho. Tomara que tenha nesse jogo. Tenho um carinho pelo Inter, que me projetou. É mais um jogo em que precisamos da vitória. Talvez tenha um gostinho por eu ter vindo de lá, mas o importante é vencer para dar uma tranquilidade maior".

"Eles têm o direito de sonhar. Acho muito difícil... O Palmeiras tem uma vantagem e, pelo que vem jogando, dificilmente vai deixar escapar. Mas tem que sonhar e que o melhor seja campeão". 

VAVEL Logo