Felipão pede menos ansiedade pela vitória: "Teremos de trabalhar durante a semana"
Felipão dando ordens no gramado (Foto: Cesar Greco/Divulgação/Palmeiras)

Felipão pede menos ansiedade pela vitória: "Teremos de trabalhar durante a semana"

Palmeiras apenas empatou com o lanterna Paraná e precisa de uma combinação de resultado para ser campeão na quarta

vv_cunha
Victor Cunha

O Palmeiras, jogando no Estádio do Café, enfrentou o já rebaixado Paraná pela 35ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro e apenas conseguiu um empate em 1 a 1. Os gols da partida que mantiveram o alviverde paulista como líder da competição foram marcados por Keslley e Gustavo Scarpa.

Felipão,em coletiva após a partida, elogiou o Paraná em sua análise do jogo feito pelo Palmeiras, além de ressaltar que o vento atrapalho, mas não foi a causa da derrota: "Todos sabem que isso é normal. Não é porque jogamos contra um time que está desclassificado que será fácil. Mas algumas pessoas são induzidas a pensar assim. Pensa quem quiser. Nós fazemos o nosso trabalho com nosso grupo, e não foi por isso que empatamos. Foi porque não jogamos bem. O tempo foi horrível no primeiro tempo. Depois, tomamos gol em uma jogada na qual tínhamos plena convicção de que jogada com velocidade era por ali. É claro que o tempo não foi benéfico para nós, mas também não foi muito benéfico para eles, não. Um clube que estava jogando também a sua condição de fazer algo diferente no campeonato, porque já está desclassificado, e foi muito bem".

Felipão falou sobre o recorde de invencibilidade alcançado por sua equipe (20 jogos), ultrapassando o Corinthians de 2017, que ficou 19 jogos sem perder: "Só coroa se formos campeões. Podem ser 20, 21, 22 jogos, tem de ganhar e ser campeão. Mas, se não vencer o campeonato, não adianta manter ou ter uma marca história. A história vai ser se ganharmos o campeonato. Naturalmente, temos de fazer uma análise bem detalhada do jogo, vendo alguns aspectos para os próximos três jogos. Mantemos os cinco pontos de distância para o segundo colocado e seis do terceiro, mas não foi um bom jogo. Todos sabemos disso".

Com um time ansioso em campo pela possibilidade de encaminhar o título, Felipão comentou a situação que atrapalhou o Palmeiras em campo: "Isso atrapalhou, principalmente no segundo tempo, quando empatamos o jogo e, depois, ansiosamente, começamos a não jogar futebol, a não criar a situação que poderia nos dar a vitória. Era tudo no apressadinho. Não é assim que estamos jogando nem mantendo a liderança. É uma situação que teremos de trabalhar durante a semana".

Por fim, o técnico comentou sobre enfrentar equipes que estão brigando contra o rebaixamento: "São adversários que estão na competição. São 20 clubes que disputam e, independentemente da posição, têm qualidade, porque estão na Série A. Podem não estar passando por um bom momento, mas existe o poder de superação, o trabalho do técnico adversário, da equipe. Não existe nenhum jogo em que a equipe vá dizer que vai vencer a outra com tranquilidade".

O Palmeiras volta aos gramados na próxima quarta-feira (21), às 21h45, no Allianz Parque, pela 36ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O alviverde enfrenta o América Mineiro, tendo que vencer para se manter na liderança. Em caso de vitória palmeirense e tropeço do Flamengo na rodada, o Palmeiras poderá ser o campeão já na quarta.

VAVEL Logo

Sociedade Esportiva Palmeiras Notícias